Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Livro das revelações de Saraiva transforma-se num caso político

livro final.jpg

Pedro Passos Coelho continua a ser criticado por vários quadrantes por manter a decisão de apresentar o novo livro de José António Saraiva no próximo dia 26 de Setembro, no El Corte Inglés em Lisboa. O livro “Eu e os Políticos”, que relata as inconfidências de 42 políticos e figuras públicas, abrange nomes como Durão Barroso, Santana Lopes, Marcelo Rebelo de Sousa, Cavaco Silva e Paulo Portas.

 

 

Pedro e Lorenzo: “Não é correcto deitar abaixo outros que têm o mesmo objectivo que vocês” (com vídeo)

pedro.jpg

Lorenzo reagiu esta segunda-feira à noite em vídeo às críticas de que o casal foi alvo depois de publicarem uma foto ao lado de Pedro Passos Coelho e de terem admitido que desconheciam que o líder do PSD já não era primeiro-ministro e que tinha estado, por exemplo, contra a adopção de crianças por parte de casais de pessoas do mesmo sexo.

 

Lorenzo e Pedro não sabiam que Passos Coelho já não era primeiro-ministro

 PPC.jpg

Um foto tirada por Pedro e Lorenzo com Pedro Passos Coelho incendiou as redes sociais este fim-de-semana. O casal cruzou-se na passada quinta-feira com o líder do PSD na estreia de “Gangsters na Broadway”, no Casino do Estoril. No dia seguinte a dupla publicou no Facebook uma foto com a mensagem “O nosso primeiro ministro é um membro da Sexy Family!”. Os leitores alertaram então que Passos Coelho já não ocupava o cargo, o que levou o casal a admitir que desconhecia esse facto.

 

Adopção de crianças aprovada. Pedro Passos Coelho votou contra. Paulo Portas ausente

Adopção Gay Portugal dezanove.jpg

Adopção aprovada pela maioria de Esquerda. É o culminar das votações sobre a matéria da adopção de crianças por casais do mesmo sexo. Depois de reunidos os projectos de lei dos diferentes partidos aprovados a 20 de Novembro, esta sexta-feira a Assembleia da República aprovou a adopção por casais do mesmo sexo.  O líder social democrata votou contra. Paulo Portas ausente da votação.

 

Bloco leva adopção por casais homossexuais ao Parlamento

O Bloco de Esquerda vai levar a discussão no Parlamento a adopção por casais homossexuais-. Segundo o jornal I, a proposta deverá decorrer na actual sessão legislativa. "As coisas não se mudam por metade, têm de mudar no seu todo. A lei do casamento homossexual ficou amputada de um aspecto essencial que não permite a igualdade entre todas as pessoas e essa igualdade tem de ser resposta", justificou o líder parlamentar bloquista, Luís Fazenda.

 

Inquérito: maioria não considera Teresa Morais uma boa escolha para a Igualdade

 

A maioria dos leitores do dezanove que respondeu ao nosso Inquérito, 66.25%, não considera Teresa Morais uma boa escolha para secretária de Estado dos Assuntos Parlamentares e da Igualdade. Apenas 8.52% dos inquiridos considera a escolha acertada.

Recorde-se que na anterior legislatura, Teresa Morais adoptou posições bastante críticas em relação à aprovação do casamento entre pessoas do mesmo sexo e à lei de identidade de género. No total, votaram 317 pessoas, das quais 25% não soube ou quis responder.

 

 

 

 

Questões LGBT fora do Programa de Governo

 

O Programa de Governo, entregue hoje pelo ministro dos Assuntos Parlamentares, Miguel Relvas, à presidente da Assembleia da República, Assunção Esteves, não tem qualquer referência à comunidade LGBT ou ao combate à discriminação em função da orientação sexual.

 

Esteve contra o casamento entre pessoas do mesmo sexo, mas fica com a tutela da Igualdade (vídeo)

Teresa Morais é a nova secretária de Estado dos Assuntos Parlamentares e da Igualdade. A jurista será empossada amanhã pelas 12 horas no Palácio da Ajuda. No anterior governo, a Igualdade tinha uma secretaria de Estado independente, a cargo de Elza Pais.

Haverá espaço para a Igualdade no governo de Passos Coelho?

Ainda não se sabe se haverá alguma Secretaria de Estado da Igualdade no próximo governo de Pedro Passos Coelho. Mas para a até aqui secretária de Estado da tutela “se não houver haverá um retrocesso muito grande face ao governo de José Sócrates. Falam em Desporto e em Juventude, mas não na Igualdade e este é um direito fundamental”. Elza Pais, que no ano passado não esteve presente na Marcha do Orgulho LGBT por questões de agenda, participou ontem na manifestação e relembrou ao dezanove que em 2007, durante o Ano Europeu da Igualdade de Oportunidades para Todos, “o governo assumiu pela primeira vez a luta pelos direitos LGBT e desde aí tem sido em crescendo”. E exemplifica: “No Eurobarómetro de 2007 para 2009 conseguimos que a discriminação LGBT fosse diminuída em 10 por cento. Este trabalho chegou, por isso, às pessoas.” Elza Pais foi agora eleita deputada do PS pelo círculo de Viseu.

 

Já segues o dezanove no Facebook?