Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

rede ex aequo disponível para ir ao Colégio Militar falar sobre orientação sexual

 CM_rede ex aequo_1.jpg

Num comunicado a associação rede ex aequo afirma que contactou a direcção do Colégio Militar para apresentar aos alunos da instituição o Projecto Educação LGBTI. No entanto, o Colégio recusou. Lê o comunicado e as razões apresentadas para a recusa.

"Os jovens mudaram e a rede ex aequo também está em mudança"

dezanove_catiafigueiredo.jpg

Em Junho de 2006, com 16 anos, fiz uma pesquisa sobre um livro de temática trans que tinha interesse em ler e sem querer encontrei o site da rede ex aequo. O primeiro contacto que tive com esta associação foi através do fórum online, como tantas outras pessoas, onde se debate sobre uma imensidão de questões relacionadas com a orientação sexual e a identidade e expressão de género. Nunca tinha tido acesso a tal informação, nem na escola nem em casa. Ou melhor, ouvia alguns insultos a voarem. Algo está errado quando uma jovem fica a saber o que é uma fufa antes de lhe ser ensinado o que é uma lésbica.