Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

"Tchindas", o premiado filme trans cabo-verdiano que está a dar que falar (com vídeo)

O filme cabo-verdiano “Tchindas” (2015) realizado pelos catalães Pablo García Pérez de Lara e Marc Serena venceu o prémio para Melhor Documentário no Cape Verdean American Film Festival 2015. A película está a percorrer vários festivais um pouco por todo o mundo e este é já o oitavo prémio que arrecada.

Guida Scarllaty: “No tempo do PREC os políticos e membros do Conselho da Revolução iam assistir aos nossos espectáculos de travestismo”

Guida Scarllaty 3.jpg

Está a comemorar 40 anos de carreira e é um dos nomes mais sonantes da arte do travesti em Portugal. Cruzou fronteiras e voltou. Agora dá cartas na sua arte todas as semanas no bar-concerto Inda a Noite é Uma Criança, na Praça das Flores, em Lisboa. Define-se como “um cidadão normal, que lutou por um lugar ao Sol, como tantos lutam mas não conseguem”. Chegou a hora de saber mais sobre Guida Scarllaty, a personagem levada a cabo por Carlos Ferreira, e que muitos consideram a rainha da noite de Lisboa.

Nani Petrova: “Amo a minha cidade”

Nani Petrova.jpg

É considerado o pioneiro no transformismo na Cidade Invicta. É um ícone incontornável da noite dos espectáculos no Porto a que ninguém fica indiferente. Falamos de Nani Petrova interpretado com muito humor por Fernando Soares. Actuou anos a fio no mítico Boys R Us. Actualmente este transformista burlesco actua várias noites por semana no Syndikato Club, na Rua do Bonjardim (Porto). No mês passado comemorou 40 anos de carreira e este é o motivo para uma curta conversa com o dezanove.pt:

Suelly Cadillac mostra-nos que as diferenças são apenas uma ilusão (vídeo)

suelly cadillac raul oliveira tranformismo.jpg

Quando vamos na rua e somos confrontados com a diferença, tecemos pensamentos e juízos da valor sobre o que vemos. Esta atitude, por si só, é positiva, uma vez que estamos apenas a racionalizar o que vimos. O problema está quando o preconceito conduz a juízos de valor errados, que levam a atitudes discriminatórias.

Vai ver a "Mana, solta a gata"

mana_solta_a_gata_3.png

A partir do universo da poetisa Adília Lopes, três actores sobem ao palco do Teatro do Bairro para levar à cena um musical humorístico que não vai deixar ninguém na plateia indiferente. Hugo Mestre Amaro, João Araújo e Rafael Fonseca fazem jogos com palavras do quotidiano durante 90 prolongados minutos. Mas para além do que é dito em palco, há muitos silêncios, olhares, movimentações e expressões que merecem redobrada atenção.

Eurovisão: dos primeiros dias até à vitória de Conchita Wurst

“Rise Like a Phoenix” era sem dúvidas uma das mais fortes candidatas à vitória, mas como foi viver uma semana entre tantas outras músicas desta 59ª edição do Festival da Eurovisão?

 

 

Como o arco-íris coloriu as ruas de Copenhaga durante o Festival da Eurovisão

Durante a última semana Copenhaga acolheu o Festival Eurovisão da Canção. Um pouco por toda a cidade decorreram festas LGBT incluindo um pré-arraial chamado Eurovicious no Largo Radhuspladsen. A colorida bandeira do arco-íris irrompia os dias cinzentos em vários estabelecimentos no centro da cidade lembrando que os visitantes LGBT que vêm para a Eurovisão que são bem-vindos em Copenhaga.                       

Ao que devemos ficar atentos no próximo festival da Eurovisão (com vídeos)

Mais um ano, mais um festival da Eurovisão. Este ano passa-se em Copenhaga, capital da Dinamarca e a apenas 14 quilómetros do recinto onde teve lugar há precisamente um ano, em Malmo, na Suécia.

 

‘Glitter – Em busca de um sonho’, o primeiro reality show para dragqueens no Brasil (com vídeos)

Inspirado no internacionalmente conhecido Rupaul Drag Race, Glitter é o nome do reality show que passa dentro do programa do apresentador Ênio Carlos, na TV Diário, em Fortaleza. O programa é apresentado pela travesti Lena Oxa.

 Lena Oxa revela que a ideia surgiu por constatar que o mundo das transformistas estava parado em Fortaleza, daí pensou na ideia de fazer uma espécie de Big Brother cearense, mas apenas com trans, travestis, drags e go go boys.

“Onde há amor, há heróis”: O vídeo da ILGA Portugal em prol da parentalidade

Uma escola, um filho, um pai, um quotidiano como tantos outros. O desafio em formato vídeo foi lançado por Cátia Domigues e por uma equipa de jovens cinéfilos que quiseram “fazer uma curta publicitária em torno de questões LGBT para o festival de curtas em Nova Iorque”, refere Isabel Advirta, vice-presidente da associação ILGA Portugal.