Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Refugiados LGBT: Quando a orientação sexual condena tem de haver uma saída

Refugiados Siria Iraque Gay.jpg

Nos últimos meses a questão dos refugiados tem dominado a actualidade informativa. São milhares os que tentam entrar na Europa através do Mar Mediterrâneo ou junto à fronteira com a Turquia e muitos acabam por perder a vida durante estas travessias. Mas há uma questão que passa despercebida aos olhos da opinião pública: Quando a orientação sexual (também) os obriga a fugir.

Quais os candidatos às europeias que estão comprometidos com os direitos LGBT?

Trinta e nove candidatos portugueses ao Parlamento Europeu já assinaram o compromisso eleitoral preparado pela ILGA-Europe e que está a ser divulgado em território nacional pela ILGA Portugal. Desta forma, segundo os dados mais recentes da ILGA Europa, Portugal é o nono país da Europa a 28 com maior número de candidatos comprometidos em defender os direitos humanos e a igualdade, incluindo os direitos das pessoas LGBT.

Provocação em Kiev: Marcha gay falsa pela integração na União Europeia

Em Kiev, onde nos últimos dias milhares de ucranianos continuam a protestar contra o governo que recusou assinar os acordos de associação com a União Europeia, as forças do regime estão a recorrer a uma “campanha negra” que usa as questões LGBT como argumento contra a vontade da população em aproximar-se da Europa.

Croácia muda Constituição para definir casamento apenas "entre um homem e uma mulher"

Os croatas aprovaram este Domingo, em referendo, uma revisão da Constituição para impedir o acesso de casais de pessoas do mesmo sexo ao casamento. De acordo com os primeiros dados divulgados, 64,8 por cento dos croatas tinham votado sim à pergunta sobre se o casamento deve ser definido na Constituição como "a união entre um homem e uma mulher".

Portugueses dizem que há discriminação contra LGBT e não lidam bem em tê-los como políticos

A orientação sexual e a deficiência são os principais motivos para discriminação em Portugal. Os dados são do Eurobarómetro, da União Europeia, que acaba de ser divulgado. Dos portugueses inquiridos, 55% apontou estes dois factores como as razões mais comuns para a discriminação no país. A origem étnica recolhe 53%, enquanto a identidade de género regista 50%. Mais abaixo surgem outros factores: ter mais de 55 anos (48%), a religião (26%) o sexo (25%) ou ter menos de 30 anos (10%).

 

 

Já podes responder ao Inquérito LGBT Europeu

A Agência Europeia dos Direitos Fundamentais da União Europeia acaba de lançar o inquérito online Inquérito Europeu LGBT para obter uma imagem precisa das vidas de pessoas LGBT que vivem nos 27 países da União Europeia e na Croácia, país que irá integrar em breve o espaço comunitário.

 

Turista, se uma alforreca lhe atacar o órgão, tenha o cartão europeu sempre à mão (vídeo)

Insólito? Nem tanto. É o resumo da nova campanha em vídeo da Comissão Europeia ao Cartão Europeu de Seguro de Doença. No vídeo é possível ver um jovem que se banha numa praia deserta, quando é atacado no pénis por uma alforreca.

Direitos LGBT são uma das condições para adesão à UE

No passado dia 9 de Março o Parlamento Europeu adoptou duas resoluções relativamente ao caminho que a Turquia e o Montenegro têm de percorrer para completarem a sua adesão à União Europeia.  Os eurodeputados apelaram à Turquia que “se assegure de que igualdade, independentemente do sexo […] ou da orientação sexual seja garantida por lei e que esta seja aplicada de modo eficaz.” Inicialmente, a resolução apenas mencionava o encerramento ilegal de organizações LGBT e a classificação da homossexualidade como uma “doença psicossexual” (sic). No entanto, esta versão do texto foi corrigida e passou a incluir o assassínio sistemático de pessoas transgéneros, assim como a condenar a retirada de género e orientação sexual de um projecto lei anti-discriminação.