Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Tribunais ponderam suspensão do psicólogo Quintino Aires (com vídeo)

Quintino Aires gays cannabis.JPG

O psicólogo Quintino Aires tem estado envolvido em várias polémicas nos últimos anos. A última envolveu afirmações sobre a co-relação entre drogas e atracção entre pessoas do mesmo sexo. A Ordem dos Psicólogos Portugueses (OPP) decidiu retirar a cédula ao profissional, mas a decisão fica pendente dos tribunais.

 

Num dos últimos programas "Você na TV" o comentador convidado da TVI foi bastante criticado nas redes sociais por ter afirmado que “75% das pessoas que consomem cannabis envolvem-se sexualmente com pessoas do mesmo sexo”. Quintino Aires garante que se trata de informação científica. Um tema que, por coincidência ou não, foi alvo de um post bastante comentado no Reddit dois anos antes

Já não é a primeira vez que as declarações do psicólogo estão debaixo de fogo suscitando várias queixas na ERC e na OPP. Em 2014 numa entrevista à revista Happy Woman, Quintino Aires afirmava: “Fazer sexo com animais aumenta a ligação entre o ser humano e a natureza. Não devemos considerar a zoofilia uma perversão, mas sim uma celebração das nossas origens. No fundo somos todos animais.”

Segundo relata o jornal Público, a estação de Queluz de Baixo diz que "não tem conhecimento de qualquer processo deontológico ou judicial visando anular a inscrição do Dr. Quintino Aires na Ordem dos Psicólogos", frisando que o psicólogo "está inscrito, com inscrição em vigor".

O diário informa que foram abertos cinco processos - um deles entretanto foi arquivado; dois deram origem a repreensões; o quarto resultou numa pena de suspensão de três meses; e o último, relativo às declarações sobre a comunidade cigana, ainda está em aberto. Recorde-se que em 2016, o comentador disse que a grande maioria da comunidade cigana não trabalhava e que traficava droga. 

Quintino Aires recorreu da pena pelo que nenhuma sanção foi aplicada, estando a decisão, neste momento, em avaliação por parte dos tribunais.

 

Assiste ao vídeo com as declarações de Quintino Aires a partir do minuto 2: