Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Universidade Lusíada do Porto acusada de transfobia

 

solange.jpg

Francisca Solange (59 anos) vai manifestar-se esta terça-feira, a partir das 10h30, na Universidade Lusíada do Porto, para expor a transfobia da instituição.

 

Licenciada em Direito, Francisca Solange acusa a universidade de exigir-lhe 400 euros para mudar a sua identidade no certificado de habilitações, além de querer que apresente uma declaração que comprove a alteração de identidade, que ocorreu em 2014. Francisca Solange, que precisa de ter um certificado de habilitações actualizado para que se possa inscrever na Ordem dos Advogados, argumenta ainda que o documento que a instituição de ensino superior exige nem sequer existe.

“Apesar de ser licenciada e ter feito totalmente com média de 16/20 valores a fase curricular do Mestrado em Direito Criminal, tudo por mérito próprio! Pelo facto de ser transgénera feminina, um dos responsáveis da universidade, exigiu-me documentos impossíveis, só para alterar a minha identidade e nome nos ficheiros da faculdade, mais a quantia de 400 euros”, expôs Francisca Solange no Facebook. “Ajudem-me a lutar, não só por mim, mas, por todas as minorias discriminadas e por vezes massacradas que ainda acontece no nosso país e no mundo”, refere no mesmo post. 

 

 

1 comentário

Comentar