Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Venezuela elege a primeira deputada transexual

Tamara-Adrián.jpg

As eleições deste fim-de-semana na Venezuela trazem outras notícias para além da derrota de Nicolás Maduro. Tamara Adrián, de 61 anos, fez história ao tornar-se a primeira deputada transexual eleita naquele país.

A activista prometeu lutar pela implementação de diversas leis de protecção dos direitos da comunidade LGBT. A recém eleita deputada pelo partido Voluntad Popular fez saber que as suas prioridades passam pela aprovação do casamento entre pessoas do mesmo sexo, pela adopção de crianças por casais LGBT e o reconhecimento legal das pessoas transexuais.

A advogada e também professora universitária iniciou há 15 anos o tratamento hormonal e, em 2012, realizou a cirurgia de reatribuição de sexo. Desde essa altura que luta para ver o seu nome alterado nos documentos oficiais e não consegue. “São 12 anos de silêncio. O meu caso está no limbo”.

Tamara afirmou que entrou na política porque o país tinha um governo que “se negou a qualquer tipo de debate acerca da igualdade de direitos para comunidade LGBT… A Venezuela era um dos poucos países onde não havia políticos de alto nível “fora do armário”. Agora, aqui estou”.

Adriana é casada com uma mulher há 21 anos e por isso mesmo também fez questão de reforçar que existem diferenças entre identidade de género e orientação sexual.

Para saberes mais vê aqui uma entrevista efectuada pela CNN a Tamara Adrián en Agosto deste ano.

 

Carlos Maia 

Paulo Monteiro