Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

11 músicas sobre VIH que tens de ouvir (com vídeos)

aids.jpg

 

A escolha é de Daniel, que vive em São Paulo (Brasil) e que criou o perfil de Twitter Positivei – Ano 1 (@euTSUDANI) onde partilha histórias sobre a sua vida como seropositivo. Daniel tatuou o dia em que decobriu que era seropositivo e que, nas suas palavras é “para lembrar o dia em que conheci a força que estava dentro de min e eu nem sabia”. Aqui segue uma selecção de músicas ligadas ao VIH e à sida/AIDS, que Daniel partilha com os leitores do dezanove.

 

 

“Together Again". Além de sua própria experiência de perda, Janet Jackson também ouviu histórias de outras pessoas para compor a música, que virou um hino para todos aqueles que perderam amigos ou parentes para a doença.

 

"I'll Adore". Boy George cantou sobre a dor do VIH. Essa música junta arranjos orquestrais magníficos com uma letra de cortar o coração: uma mãe que chora por seu filho à beira da morte. Resultado? Uma música que não podia deixar de faltar na nessa lista.

 

"A Via Lactea". Renato Russo, vocalista da Legião Urbana, era portador de HIV e escreveu sobre sua dor na música: “Hoje a tristeza não é passageira/Hoje fiquei com febre a tarde inteira/E quando chegar a noite/Cada estrela parecerá uma lágrima”.

 

"Hold On". Sarah McLachlan tem muitas baladas bonitas. Uma delas é Hold On, inspirada na história verídica de uma mulher cujo noivo descobre ser portador do VIH. A reação? Uma jura: “Let nothing come between us/My love for you is strong and true”.

 

"In This Life". Erotica é um dos discos mais polêmicos de Madonna, mas em meio a suas canções, uma em especial tinha a temática do HIV. Escrita pela cantora para duas pessoas muito próximas a ela: seu amigo, Martin Burgoyne e seu mentor Christopher Flynn.

 

"Streets Of Philadelphia", de Bruce Springsteen, foi composta para o longa "Philadelphia", de 93, que conta a história de um advogado que não consegue mais esconder que tem AIDS e é demitido da firma onde trabalha. A letra rendeu a música prêmios como um Grammy e um Oscar.

 

"Philadelphia", de Neil Young, também foi da trilha sonora do filme homônimo e nunca deixará de ser uma música que, com seu confronto e a esperança de uma luz no fim do túnel, ilustra muito bem a dor de quem desenvolve a doença.

 

"Just To A Child". O primeiro single do álbum Older, de George Michael, foi escrito e composto inspirado do seu ex-namorado, o brasileiro Anselmo Feleppa, morto pela AIDS.

 

"The Last Song", escrita por Elton John, a música de 1992 se tornou um dos maiores símbolos da luta contra a AIDS. O cantor se coloca na mente de um homem à beira de sua morte, “tão leve quanto uma palha e tão frágil como um pássaro”.

 

"Boy Blue", da Cyndi Lauper, nem imagina que por trás da batida agitada há uma letra sobre o HIV. A música foi baseada na história de uma criança e escrita pela cantora em homenagem a um amigo que morrera vítima da síndrome no meio da epidemia.

 

Em 1993, os Pet Shop Boys lançaram "Dreaming of the Queen", música que Neil Tennant, um dos integrantes da dupla, chama de “um sonho de ansiedade” sobre a AIDS.