Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

As duas faces do espelho: "The Veteran Art Project" por Devin Mitchell

Devin Mitchell gay photo project.jpg

Em “The Veteran Art Project”, o fotógrafo Devin Mitchell usa o comum espelho de casa de banho para reflectir a dicotomia das forças armadas norte-americanas, onde a vida privada dos membros em serviço é, na maioria das vezes, diferente do que projectam para o exterior.

Valerá a pena esperar pelo teu companheiro? (vídeo)

Este não é um anúncio típico de S. Valentim, nem a pergunta é rectórica. A marca norte-americana Gun Oil criou um spot onde se reproduz um casal de homens em que um aguarda o regresso do marido, que se encontra a prestar serviço militar.

Wikileaks: Advogado de Manning pede perdão a Obama

Os advogados de Chelsea Manning (até aqui conhecida como Bradley Manning) apresentaram um pedido de perdão ao Presidente Barack Obama na passada terça-feira após a condenação do soldado a 35 anos de cadeia por passar documentos secretos no âmbito do caso Wikileaks.

 

 

Primeiro casal homossexual a casar em Tomar no “A Tarde é Sua” da TVI (com vídeo)

Num programa dedicado a vários tipos de preconceitos dois dos convidados de Fátima Lopes no programa “A Tarde é Sua” (TVI) foram José Carlos Henriques e Fernando Silva. Foi este o primeiro casal do mesmo sexo que decidiu contrair casamento em Tomar. O casal conheceu-se e está junto desde 2004.

 

Casal de lésbicas dá o primeiro beijo na história da Marinha norte-americana (com vídeo)

Duas cadetes da Marinha norte-americana tornaram-se no primeiro casal de lésbicas a dar o tradicional “primeiro beijo” de regresso a casa desde que os EUA puseram fim à medida “Não perguntes, não digas" (Don't ask, don't tell), que proibia os homossexuais assumidos de servirem nas forças armadas.

 

Relato de um crime de ódio em Carcavelos

A. regressava da praia de Carcavelos na passada sexta-feira, 22 de Outubro, e dirigiu-se para uma das extremidades da Quinta dos Inglesinhos, onde tinha o seu meio de transporte. Nesse espaço, mesmo em frente à praia, situa-se o colégio privado St. Julian's School e é utilizado para a prática de desporto. Na vegetação densa da Quinta dos Inglesinhos ocorrem, ocasionalmente, engates entre homossexuais.

 

 

Obama: se querem governar respeitem os homossexuais (vídeo)

Num discurso proferido este Sábado o presidente norte-americano Barack Obama afirmou que qualquer candidato à presidência dos Estados Unidos tem de apoiar os militares do país, incluindo os homossexuais.

 

Forças armadas norte-americanas mais perto da não discriminação (actualizada)

Após 17 anos e mais de 14.000 afastamentos devido à orientação sexual, o Senado dos Estados Unidos votou hoje favoravelmente uma proposta de lei que visa banir a proibição de elementos nas forças armadas norte-americanas que fossem assumidamente gays, lésbicas e bissexuais ou transgéneros.

O ano de Lady Gaga (com fotos e vídeo de Lisboa)

A poucas horas do concerto do primeiro concerto de Lady Gaga em Lisboa, existem ainda bilhetes para os balcões 1 e 2 do Pavilhão Atlântico (85 euros). A zona da plateia encontra-se totalmente esgotada. Os bilhetes, com preços que variaram entre os 50 e os 85 euros, estão à venda desde Maio.

EUA: Juiz incita à violação correctiva de lésbicas nas forças armadas

Joe Rehyansky, um veterano da guerra do Vietname e juiz no estado norte-americano do Tennessee escreveu num artigo do jornal conservador “The Daily Caller” que as  lésbicas deveriam ser aceites nas forças armadas para que os soldados heterossexuais as “convertessem”.

O juiz declarou que os homens são naturalmente mais promíscuos que as mulheres e que desde tempos imemoriais o trabalho do homem era “saltar de árvore em árvore e procurar nas cavernas o maior número de mulheres possível para subjugar e engravidar – não é um trabalho fácil, mas alguém tem de o fazer”.

Rehyansky também afirmou que a promiscuidade dos homens gay, aliada ao VIH teria “consequências devastadoras a nível da saúde pública” se estes servirem nas forças armadas pois “os homossexuais propagam doenças a um ritmo alarmante e devem ser excluídos da vida militar.” E continua: “Não deveriam os bravos guerreiros heterossexuais ser poupados à indignidade de ter de partilhar os chuveiros com homens quem têm prazer lascivo ao ver os seus corpos bem torneados, e que estarão tentados a procurar mais do que apenas olhar?” Para Rehyansky, a política de aceitar apenas lésbicas nas forças armadas “removeria a população 'broke back' [homossexual] deste círculo, dando a oportunidade aos soldados heterossexuais de converterem as lésbicas e de as trazerem para a norma”. Estas declarações estão a causar alarme em grupos LGBT por incitar à violação correctiva e por dar a entender que os homens são violadores por natureza.

 

Lúcia Vieira

Belmiro Pimentel: "Eu… Tive um sonho"

 

Foi o discurso que mais aplausos recolheu na tarde de Sábado na Praça D. João I protagonizado por Belmiro Pimentel, o rosto visível dos agentes da PSP que assume publicamente a sua orientação sexual homossexual.

O XY é um grupo de trabalho dentro do Sindicato Unificado da Polícia no qual o agente Belmiro colabora e que entre outras missões quer mostrar que os polícias LGBT existem e são como qualquer outro polícia, merecedores de igual respeito e não só merecedores do 'politicamente correcto'. “A maioria dos meus colegas conhece bem o meu trabalho, mas não sei como reagiriam se me vissem dar um beijo ao meu namorado” comenta Belmiro Pimentel no final da quinta edição da Marcha do Orgulho LGBT do Porto.

Porque há discursos que merecem ser relidos, o dezanove transcreve na íntegra as palavras do agente Belmiro:

 

Eu… Tive um sonho

Nesse sonho, era surdo e não ouvia os disparates constantes sobre a comunidade LGBT, as piadas e os risinhos fáceis, de escárnio, que dia a dia nos são direccionados;

Nesse sonho eu era cego e não via os olhares de censura, de repúdio, de ódio, com os quais todos os dias nos deparamos;

       Nesse sonho eu era mudo e não podia ensinar-lhes, explicar-lhes que estão errados a meu respeito, não podia reagir a tanto absurdo que nos vai    destruindo, matando pouco a pouco;

 Como tal nesse sonho, eu não podia ser feliz, pura e simplesmente por não ser eu, por não me sentir pessoa, não ter identidade própria.

Eu acordei porque estava na hora de dizer: Basta!

Porque eu tenho uma identidade.

Porque se eu… sou uma pessoa com os mesmos deveres, também tenho de ter os mesmos direitos.

Acordei para descobrir que:

Não sou eu que sou surdo, és tu que teimas em não ouvir;

Não sou eu que sou cego, … és tu que insistes em não quereres ver o quanto estás errado;

Não sou eu que sou mudo, … mas tu, que por mais que te pergunte: Porquê?

Ficas sem resposta e te escondes atrás de um preconceito já absurdo, limitando-se a nada dizer com fundamento, que é o mesmo que estar calado;

Enquanto não me quiseres receber, a mim, que sou LGBT, jamais poderei admitir que fales do que não conheces.

Até lá para mim… continuarás a ser surdo, cego e mudo.

Acorda para a vida, evolui… repara que já estás no século XXI!

O meu nome é Belmiro Pimentel, sou agente da PSP e estou aqui para vos dizer que tenho Orgulho de ser quem sou!”

 

Porto, 10 de Julho de 2010