Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Projecto Tudo Vai Melhorar faz um ano: comemorações no Porto e em Lisboa (actualizada)

Várias figuras públicas portuguesas associaram-se no último ano à versão portuguesa do It Gets Better, projecto que visa dar ânimo e esperança aos jovens LGBT vítimas de bullying.

A primeira figura pública portuguesa a participar no Tudo Vai Melhorar foi José Castelo Branco. Há um ano, no testemunho vídeo José Castelo Branco explicou os episódios de bullying por que passou na juventude, desde ter sido chamado de “beto maria menina” ou “lulu” e das “rasteiras” de que era alvo. 

 

Conhece o Fostter Riviera, o português nos tops da pornografia gay mundial (com vídeo)

Depois de alguns casos isolados com algum sucesso localizado (como os de Marco Montana), eis que Portugal pode ter finalmente uma estrela capaz de competir com os grandes do circuito porno internacional.

Chama-se Fostter Riviera nasceu em Lyon (França), mas é oficialmente português e desde 2012 que protagoniza filmes de temática "XXX", podendo gozar o título de ser actualmente o português mais famoso desta indústria.

A história de Tuxa contada em vídeos

Tuxa também conhecida por Miss Ágata, responde igualmente por Fernando ou Manuel Fernandes. É tema regular de alguns programas matinais da televisão, de reportagens vídeo no Correio da Manhã (acto simbólico do primeiro casamento gay frente à Sé de Lisboa e violência doméstica termina primeiro casament gay) e até de uma webserie chamada “Na Casa D’Este Senhor“, uma iniciativa datada de 2011 promovida pela cerveja Tagus.

Grupo "Exército de Dumbledore" reclama acção pelo respeito à diferença no Metro de Lisboa (com vídeo)

“Um Activismozinho por dia... não sabe o bem que lhe fazia!” é o slogan de apresentação da página Exército de Dumbledore, cujos autores reclamam ter afixado 150 cartazes nas carruagens do metro de Lisboa esta terça-feira.