Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Ataque contra defensores de direitos trans em Kiev

ucrania.jpg

Os manifestantes que participaram este domingo numa marcha pelos direitos das pessoas transgénero em Kiev (Ucrânia) foram agredidos por um grupo de extrema-direita.

 

Segundo relatou um jornalista da agência francesa AFP no local, citado pela agência Lusa, cerca de 30 pessoas marchavam com bandeiras arco-íris e cartazes exigindo o fim da "transfobia", quando militantes de extrema-direita lançaram bombas de gás lacrimogéneo contra o grupo. Duas mulheres foram agredidas e tiveram de ser assistidas no local por socorristas. Os manifestantes foram então conduzidos para uma estação de metro, que ficou fechada à restante população, para que pudessem sair, em segurança.

"Os acontecimentos de hoje mostraram que o nível de agressão e violência da extrema-direita está a escalar na Ucrânia", denunciaram os organizadores da marcha, na sua página na rede social Facebook, refere a Lusa. A manigestação decorreu dois dias antes do Dia Internacional da Memória Trans, que se assinala a 20 de Novembro.

Recorde-se que em Junho, a polícia prendeu, em Kiev, mais de 50 manifestantes de extrema-direita que tentavam impedir a realização de uma marcha pelos direitos LGBT, juntou cerca de cinco mil pessoas.

Vídeo: Ruptly