Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Ataque homofóbico na Caparica relatado na primeira pessoa

base.jpg

É um relato de um ataque homofóbico contra um casal de duas pessoas do mesmo sexo, que aconteceu este domingo à tarde, na Costa de Caparica. O casal apresentou queixa às autoridade e partilhou os acontecimentos nas redes sociais.

 

Além das agressões verbais, o casal foi vítima de uma tentativa de atropelamento e sofreu agressões físicas. Lê aqui o relato: “Fui almoçar com a minha namorada à Costa. Atravessámos uma rua de mãos dadas e um senhor, com o filho dentro do carro, acelerou para fingir que nos ia atropelar. Parou o carro e fez-nos um fuck a rir. Quando subimos uma rua o homem estava lá e veio para cima de nós (…) Com as mãos na nossa cara, a chamar-nos de "fufas de merda" "sapatonas" e nojentas. Aos berros. As duas da tarde. Nós ignoramos a pessoa depois de também o termos insultado e fomos embora. O senhor veio atrás de nós, começou a empurrar-me. A dizer que o que me fazia falta. (...) Era um chapadão de um homem a sério. Virou-se para a Sara, aos berros, e chamou-a de vaca de merda quando lhe, exactamente, mandou um estalo na cara. Eu empurrei-o, ele deu-me um murro na clavícula, mandou-me contra a parede a apertar-me o pescoço (…) Eu não sei se perceberam que ninguém se meteu, fomos nós que nos defendemos sozinhas. Estava uma multidão e ninguém fez nada. Chamamos a polícia, apresentamos queixa na GNR. E sim, Portugal é um país maravilhoso. Não tenho de achar o mesmo das pessoas”, refere o testemunho partilhado via Twitter.

 

 

— Blackye🏵 (@pussynextparty) February 17, 2019

6 comentários

Comentar