Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Festival Política regressa com ambiente, Brasil e programação LGBTI (com vídeo)

instagram_diogo_faro900x900.jpg

É já de 13 a 16 de Agosto que o Festival Política regressa ao Cinema São Jorge, em Lisboa. Depois das problemáticas da abstenção, dos direitos humanos e da Europa, à quarta edição, o festival elege o Ambiente como tema central. A programação inclui vários destaques LGBTI.

 

A programação inclui um conjunto de actividades gratuitas como debates, filmes, performances, exposições e espectáculos de música e humor, convida à consciencialização e participação de todos e todas, lembrando que essa é uma das chaves imprescindíveis para o saudável desenrolar da democracia e para uma equilibrada construção da consciência colectiva.

Os destaques deste ano vão para o debate “A exploração da gente para a exploração da terra", com moderação do Fumaça; sessões de cinema com os vencedores dos Green Film Network Awards e a exibição de "Injustiça", o grande vencedor Ambiente da última edição do CineEco, o espectáculo do humorista Diogo Faro também conhecido por Sensivelmente Idiota e a exposição da artista Carolina Maria, que estará patente no São Jorge durante todo o festival.

Nesta edição, o festival inaugura a figura de país-foco. Este ano, é o Brasil que estará em destaque em vários momentos da programação como na performance da dupla Venga Venga que mistura folclore, música experimental, electrónica e instalações cenográficas, no espectáculo “Saravá Palavrá” ou no debate "O que se passa no Brasil?".

Todas as actividades do festival são gratuitas sendo necessário o levantamento de bilhetes na bilheteira do Cinema São Jorge. Para garantir a acessibilidade, todos os filmes estão legendados para português e todos os conteúdos orais são acompanhados por tradução em Língua Gestual Portuguesa. Serão cumpridas todas as recomendações da Direcção-Geral de Saúde. Aqui ficam alguns destaques LGBTI.


14 de Agosto. 21h30
“Negrum3”, de Diego Paulino, 20’ (Brasil) - cinema
Propõe um mergulho na caminhada de jovens negros da cidade de São Paulo. Um ensaio sobre negritude, identidade sexual e aspirações espaciais dos filhos da diáspora. Este será um ponto de partida para questionar o tema da visibilidade da população LGBTI negra em Portugal.


14 de Agosto. 22h30
"Venga Venga" - concerto/performance
Projecto de Denny Azevedo e Ricardo Don. No cenário cultural do Brasil são conhecidos como agitadores culturais envolvendo-se, dinamizado e organizando várias atividades que refletem as questões raciais e da discriminação. Residentes em Lisboa, rapidamente se envolveram com a nova cena musical da capital lisboeta onde têm uma residência mensal num dos clubs mais icónicos da cidade, o Musicbox. Em 2019 marcaram presença no MaMA Festival&Convention, em Paris, integrados na representação oficial de Portugal como Country Focus do Festival.


15 de Agosto. 21h30
"O mundo segundo Diogo Faro" - espectáculo
Diogo Faro, também conhecido como o Sensivelmente Idiota, a solo para nos falar sobre o estado do mundo: dos direitos humanos ao ambiente, passando pelas discriminações e preconceito. Há razões para optimismo? Com intérprete de Língua Gestual Portuguesa.

 

15 de Agosto. 23h 
"Beleza como vingança" - performance
Numa proposta híbrida e sensual, a dupla brasileira Tita Maravilha e Cigarra traz um live act cheio de ruídos e apelos cremosos. Corpos urgentes de mulheridades marginais e fúria travesti. Violência como linguagem, beleza como vingança.