Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Filme de Carlos Conceição premiado no Sicilia Queer

unnamed (14).jpg

“Serpentário” de Carlos Conceição, recebeu o prémio "Nuove Visioni" na 9ªedição do Sicilia Queer que decorreu em Palermo.

O galardão foi atribuído pelo júri internacional do certame, composto por Eva Sangiorgi (directora artística da Viennale), Mykki Blanco (cantora e performer), Aël Dallier Vega (montadora de cinema), Sara Fattahi (realizadora), Mònica Rovira (realizadora e actriz).

Nas palavras do júri, “o filme oferece uma experiência de memória tanto emocional quanto física. É uma obra pessoal e intemporal, capaz de representar as camadas invisíveis do passado e presente numa paisagem abstracta e pós-apocalíptica. Liberta as memórias mais íntimas em nós e, ao mesmo tempo, questiona-nos sobre a história. Tudo isto apoiado numa singular voz cinematográfica".
“Serpentário”, uma co-produção luso-angolana, segue um rapaz que vagueia por uma paisagem africana pós-catástrofe em busca do fantasma da sua mãe e é protagonizado por João Arrais, contando ainda com a participação de Isabel Abreu (voz). 
O filme, primeira longa-metragem de Carlos Conceição, teve a sua estreia mundial na secção Fórum do festival de Berlim em Fevereiro e será exibido pela primeira vez em território português, em Julho, no Curtas Vila do Conde, onde o autor será o Realizador em Foco e exibirá uma pequena retrospectiva da sua obra.