Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

O “Baile dos 41”: a história da festa gay que escandalizou o México deu origem a um filme

baile dos 41.jpg

Há mais de um século, na cidade do México, um baile com 42 homens causou um escândalo em toda a comunidade do México. Este escândalo ficou conhecido com “El baile de los 41 maricones” e teve lugar onde hoje é o Centro Histórico da Capital, próximo do Palácio Nacional onde o Presidente Porfirio Díaz residia.

Segundo a impressa da época na madrugada de 17 de Novembro de 1901 um polícia ouviu barulho na residência privada onde estaria a ocorrer a festa e quando foi averiguar o que se passava deparou-se com os 42 homens, divididos em casais, metade vestiam fatos, a outra metade vestidos. A maioria dos participantes fazia parte da elite do México o que tornou o caso ainda mais mediático, sendo que, segundo consta, apenas Ignacio de la Torre y Mier, político que aspirava a se tornar governador e genro do Presidente, conseguiu escapar tendo o seu nome sido retirado da lista para evitar um escândalo político.

Naquela altura, a homossexualidade não era considerada como um crime, mas ainda assim os 41 homens foram ilegalmente detidos e posteriormente humilhados e obrigados a varrer as ruas da capital mexicana com as roupas que tinham usado na festa.

Estes acontecimentos fizeram com que, há mais de cem anos na comunidade mexicana, o número 41 ficasse associado à homossexualidade masculina.

Esta polémica história deu origem a um filme dirigido por David Pablos e com uma coprodução México-Brasil, das produtoras Canana Films, El Estudio e Bananeira Filmes. A primeira exibição do filme ocorreu a 1 de novembro de 2020, no Festival Internacional de Cine de Morelia e a estreia para o público foi a 19 de Novembro de 2020. A 12 de Maio deste ano o filme foi lançado na plataforma Netflix.

Não é a primeira vez que a Netflix Latino-Americana aposta no lançamento de históricas verídicas LGBTI+,  recorde-se que em 2015 a Netflix lançou a história de amor entre Elisa e Marcela.

“El baile de los 41” é um filme imperdível, com uma imagem, som e texto que fazem justiça à história verídica daqueles 42 homens que há mais de um século, numa altura em que a homossexualidade não era vista com bons olhos, lutavam pela sua liberdade e diversidade.  

Margarida Candeias

 

1 comentário

Comentar