Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Publicidade

Parques Disney permitem autodeterminação da expressão de género e tatuagens visíveis nas suas equipas

Disney LGBTI.jpg

Os Parques Disney estão a dar um passo à frente no que respeita à inclusão. Filmes mais diversos como ”Vaiana”e “A Princesa e o Sapo” foram lançados mais tarde na história da Disney. O mesmo pode ser dito sobre a divisão de experiências da empresa, que inclui diversos parques temáticos e atracções. 

 

Quando se trata de diversidade e igualdade, a Disney encontra-se em atraso. Os valores centrais da Disney - as quatro palavras chave, como foram nomeadas pelo próprio Walt Disney: segurança, cortesia, espectáculo e eficiência - são admiráveis, mas não especialmente focados na diversidade. A Disney tem a reputação de ser uma organização mais conservadora, hesitante em se adaptar com o tempo.

Mas isto começa a mudar. O presidente dos Parques Disney, Josh D'Armo, anunciou uma "quinta palavra-chave": a inclusão. A expressão de género em vestuário, estilos de cabelo, acessórios e muito mais será baseada na autodeterminação como resultado desta actualização. Além disso, os Parques Disney também autorizam a sua equipa a terem tatuagens visíveis e que sejam consideradas "aceitáveis".

“Estamos a actualizar-nos não apenas no local de trabalho, mas também para permitir que a nossa equipa de colaboração expresse melhor as suas culturas e individualidade no trabalho” referiu Josh D'Armo.

A Disney também está a reavaliar as suas atracções para serem mais diversificadas e inclusivas, além de fazer mudanças mais sistémicas, como incluir diversas empresas na sua cadeia de fornecedores e elevar a diversidade através dos seus programas de orientação da Disney Dreamers Academy.

Quanto mais os membros da equipa se puderem expressar, seja através da cultura da qual fazem parte ou pela sua auto-expressão, serão capazes de mostrar os Parques Disney como espaços convidativos e se envolverem mais e melhor com os fãs e visitantes da Disney.

Embora os parques tenham sido fechados devido à pandemia da covid-19, famílias e fãs da Disney anseiam por voltar assim que as portas reabram.