Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Qatar proíbe brinquedos com as cores do arco-íris por motivos religiosos

1641057562122_IMG_20211229_223155.jpg

O Qatar, país organizador do Campeonato do Mundo de Futebol 2022, assegurou não existirem motivos para os jogadores gays e fãs de futebol se sentirem inseguros no país, mesmo que este país criminalize a homossexualidade. Contudo o Qatar tem sido alvo de polémica com diversos países a admitirem um possível boicote, em protesto contra as violações dos direitos humanos que ali ocorrem.

 

Recentemente a polémica reacendeu-se, uma vez que as autoridades começaram a apreender brinquedos por serem considerados como “contraditórios com os valores islâmicos”. Em  causa estão as cores arco-íris, associadas à comunidade LGBTQIA+. No centro desta polémica está o brinquedo "pop it" que se tornou uma moda entre as crianças.

Através do Twitter, o Ministério do Comércio e Indústria publicou uma imagem com os pop it e refere que “realizou campanhas de fiscalização em várias lojas de diferentes regiões do país” para apreender estes brinquedos "contrários aos valores islâmicos" e incentivar ainda a que os cidadãos “revelem qualquer mercadoria com logos ou desenhos contrários às tradições”.

Vê aqui os países com pena de morte para homossexuais:

 

Marta Pimentel Santos