Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Quatro destaques para esta Festa do Cinema Francês

Retrato-de-uma-jovem-em-chamas.jpg

O melhor e mais recente do cinema francês está de regresso.

 

 

A 21ª edição chega a cinco cidades portuguesas: 8 a 21 Outubro, Lisboa; 14 a 18 Outubro, Almada; 15, 17 e 18 Outubro, Oeiras; 21 a 24 Outubro, Coimbra e de 26 Outubro a 4 Novembro no Porto.

Fica com quatro destaques seleccionados pelo dezanove.pt para a primeira cidade onde a Festa da Sétima Arte tem lugar:

 

"Miss"
O novo filme do realizador português Rúben Alves ("A Gaiola Dourada") tem a sua ante-estreia na Festa do Cinema Francês e inaugura o festival. O filme debruça-se sobre a história de Alex, um menino de 9 anos que navega alegremente entre géneros e que tem um sonho: um dia ser eleito Miss França. Quinze anos depois, Alex perde os seus pais e a sua autoconfiança, estagnando numa existência de monotonia. Um encontro imprevisto irá despertar o sonho esquecido. Alex decide então concorrer a Miss França, ocultando a sua identidade masculina. Beleza, excelência, companheirismo… Durante as fases do cruel concurso, apoiado por uma família exuberante, Alex parte à conquista do título, da sua feminilidade e, sobretudo, de si próprio…
8 Outubro, 21 horas, Cinema São Jorge.

 

Homenagem a Delphine Seyrig
Vários filmes da cineasta, actriz e feminista francesa poderão ser vistos na Cinemateca Portuguesa. Destaque para "Les Trois Portugaises." Este documentário revisita o caso português das “Três Marias” (Maria Isabel Barreno, Maria Teresa Horta e Maria Velho da Costa) que arriscaram prisão por atentado aos bons costumes com a publicação, em 1972, das Novas Cartas Portuguesas, prontamente proibido pelo Estado Novo.
10 de Outubro, 19:00, Cinemateca Portuguesa

 

"Retrato de uma Rapariga em Chamas"
1770. Marianne é pintora e tem de pintar o retrato de casamento de Héloïse, uma jovem que acaba de sair do convento. Héloïse resiste ao seu destino de esposa, recusando posar. Marianne tem de a pintar em segredo. Apresentada como dama de companhia, observa-a todos os dias. O filme já passou vários festivais: Festival de Cannes 2019 – Seleção Oficial, Melhor argumento e Queer Palm,
César 2020 – César da melhor fotografia.
17 Outubro, 17h00, Cinema São Jorge.

 

 

 

 

 

"Manual da Boa Esposa"
Uma comédia com Juliette Binoche, Yolande Moreau e Noémie Lvovsky.
Arrumar a casa e respeitar as obrigações conjugais sem protestar: é isso que Paulette Van Der Beck ensina arduamente na sua escola doméstica. As suas certezas vacilam quando se vê viúva e falida. Será o regresso do seu primeiro amor ou os ventos de liberdade de maio de 1968? E se a esposa exemplar se vier a tornar numa mulher livre?
17 Outubro, 19h00, Cinema São Jorge.

 

Acompanha todo o festival e os horários destas e de outras sessões nas restantes cidades em www.festadocinemafrances.pt 🇫🇷