Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dezanove
A Saber

Em Portugal e no Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Para onde vai a Europa? Quem é Giorgia Meloni, a nova primeira ministra de Itália?

1024px-Giorgia_Meloni_Quirinale_2019 Quirinale.it.jpg

Nascida em Roma em 1977, Meloni é a primeira mulher a ocupar o cargo de primeira-ministra de Itália. E, em 2008, num governo de Sílvio Berlusconi, foi a Ministra da Juventude mais jovem da República Italiana. Mas isso não são necessariamente boas novas.
 

Salvem as nossas crianças

Banner_Opinião_JB.jpeg

A primeira vez que escrevi para o dezanove.pt, eu não estava à espera de fazer disto um esforço regular. Contudo, tendo em conta os mais recentes acontecimentos, aqui estamos, pelos vistos.

 

Quem é o “perigoso” Milo Yiannopoulos que quer banalizar o discurso de ódio

milo.jpg

Britânico, gay, banido do Twitter, de extrema-direita e fervoroso apoiante de Donald Trump. Milo Yiannopoulos voltou para a ribalta noticiosa depois de centenas de estudantes terem impedido, esta quarta-feira, que realizasse uma conferência na Universidade da Califórnia, em Berkeley. Houve ainda confrontos com a polícia.  

O beijo que desafiou neonazis em Madrid

beijomadrid.jpg

No sábado passado, 21 de Maio, decorreu no centro de Madrid uma manifestação de um grupo auto denominado neonazi e neofascista. Marcaram presença mais de um milhar de pessoas vindas de toda a Espanha. No final da manifestação, no ponto de encontro, dois rapazes deram um caloroso beijo na boca, desafiando os manifestantes que não se coibiram de os insultar.

Como está a ser vivida em França a batalha pelo casamento entre pessoas do mesmo sexo

Desde que, há alguns meses, se iniciou na comunicação social, nos meios políticos e na sociedade em geral o debate sobre o casamento para todos (o casamento gay) e a adopção, verificou-se um paradoxo. Por um lado, 63 por cento dos franceses são favoráveis a esta reforma histórica. Por outro, foi claramente libertado o "discurso homofóbico", tanto na televisão como no resto da sociedade. Associações como "SOS Homophobie" ou "Le Refuge" (que acolhe jovens gays expulsos pelos pais) anunciaram que o número dos pedidos de ajuda foi multiplicado por quatro.