Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Publicidade

Paternidade: Rúben Castro e Luar estão bem

Papa Gestante.png

Começamos por dar os parabéns a Rúben Castro pela experiência na paternidade.

O dezanove errou. Correcção: Pol Galofre foi o primeiro activista transmasculino na Catalunha a assumir que ia ser pai. É um dos fundadores da Guerrilha Travolaka. Esta história está documentada no livro "TransIberic Love" de Raquel Freire. 

 

Liberdade: expressão da sexualidade e identidade de género nas escolas

liberdade escolas orientação sexual identidade g

A nova geração, uma geração que cresceu na era digital com acesso a todo o tipo de informação. É conhecida por não ter preconceitos, estar em cima de tudo o que se passa no mundo e ser revolucionista. Mas, será que é realmente assim?

 

 

Cuidado com as víboras na sopa de letras

Summy Luís.png

O caminho para o Inferno está calcetado com boas intenções. Poder absoluto corrompe absolutamente. E as pessoas que tendem a ocupar posições de poder e sucesso tendem a demonstrar atitudes ou tendências sócio-psicopatas. Estas são todas frases e dizeres que todos já ouvimos. E, por experiência própria, posso comentar nas suas veracidades.

“Super-Straight”: Ser transfóbico nunca foi tão fácil quanto o é hoje em dia

opiniao_Summy Luís.png

Nesta segunda era de luz virtual, de progressismo, de união, de igualdade, há uma comunidade que continua a lutar por ter os seus direitos reconhecidos como membros desta pluralista sociedade mundial. Isto revelou ser uma montanha tão íngreme que se viram forçados a criar uma “sexualidade inteira”, completamente “original” e “válida” para ganhar uma posição política e social que lhes foi negada toda a sua vida. Senhoras, senhores, intermediários e os que escaparam ao binário, o Tik Tok (entre outras redes sociais) tem o prazer de vos apresentar: os Super Hetero.

O poder dos media

Três Macacos Sábios.jpg

O ser humano é influenciado por diversos estímulos que surgem de diversas fontes. Somos moldados pelo ambiente, pelo contexto de vida, pelas experiências a que estamos sujeitos, com os amigos, a família, os colegas de escola, os colegas de trabalho… Para além disso, uma das maiores fontes de influência na construção social e na forma como percepcionamos o que se passa à nossa volta são os meios de comunicação social.

 

"Hoje, infelizmente, o sucessor de Pedro manteve uma porta fechada"

Carlos Reis.png

As palavras do Papa Francisco mudaram efectivamente o tom da Igreja em relação às pessoas homossexuais. A sua abertura retórica às uniões de pessoas do mesmo sexo em termos civis, apelando até a que os estados que legislassem no sentido de garantir direitos civis aos homossexuais (questões sucessórias, e outras) e que não houvesse discriminação bem como o facto de, enquanto Pastor Universal, se recusar proclamar julgamentos sobre a natureza destas pessoas (“quem somos nós para julgar”) foram uma porta de esperança que se entreabriu para milhões de católicos excomungados, marginalizados, e reprimidos, em todo o mundo.

Sexo sob efeito de drogas: um Grupo de Apoio Mútuo online pelo CheckpointLX para HSH que fazem chemsex

Filipe Couto Gomes e João Caldas - opinião.png

Não é recente nem invulgar o uso de substância com efeito de desinibição social e sexual ou que favorecem a ‘mecânica’ sexual para potenciar as experiências eróticas, desbloquear a interacção com outra(s) pessoa(s) ou facilitar uma determinada prática sexual.

 

Dark rooms: cultura LGBTQI+ às escuras?

Carlos Marinho opinião.png

Muito antes do Manhunt, do Grindr, do Scruff, ou do Tinder redefinirem as possibilidades de articulação entre homens gays, já os dark rooms – e outros espaços de cruising (saunas, bares, drag balls, discotecas) – existiam como espaços de construção de cultura, de fomento político-ideológico, e de resignificação das identidades LGBTQI+.