Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Nigéria: Youtube fecha canal de pastor que afirmava poder “curar a homossexualidade”

tb joshua nigeria gay.jpg

Após a indignação de muitos e uma queixa apresentada pela associação britânica "OpenSociety" contra o pastor nigeriano Temitope Balogun “TB” Joshua, o YouTube tomou a decisão de encerrar o canal do pastor evangélico que alegava poder "curar o demónio da homossexualidade". 

Oito anos de pontificado do Papa Francisco melhoraram a relação entre a Igreja Católica e a comunidade LGBTI+?

 religião LGBTI.jpg

Eleito Sumo Pontífice a 13 de Março de 2013, Jorge Mario Bergoglio desde logo se destacou por uma visão revolucionária da doutrina católica e uma postura pouco tradicional como Bispo de Roma. Tem sido aclamado como o Papa mais progressista da actualidade, trazendo para muitos a esperança de uma renovação da Igreja Católica através de uma ideologia mais aberta e inclusiva. Será essa a opinião dos nossos leitores?

 

"Hoje, infelizmente, o sucessor de Pedro manteve uma porta fechada"

Carlos Reis.png

As palavras do Papa Francisco mudaram efectivamente o tom da Igreja em relação às pessoas homossexuais. A sua abertura retórica às uniões de pessoas do mesmo sexo em termos civis, apelando até a que os estados que legislassem no sentido de garantir direitos civis aos homossexuais (questões sucessórias, e outras) e que não houvesse discriminação bem como o facto de, enquanto Pastor Universal, se recusar proclamar julgamentos sobre a natureza destas pessoas (“quem somos nós para julgar”) foram uma porta de esperança que se entreabriu para milhões de católicos excomungados, marginalizados, e reprimidos, em todo o mundo.

"Não vão nos calar! Nunca!" diz Porchat sobre o ataque à "Porta dos Fundos"

porta dos fundos jesus gay.jpg

Depois da sede da produtora da série “Porta dos Fundos” ter sido alvo de um ataque com cocktails molotov na véspera do Natal, Fábio Porchat, actor e produtor do grupo humorístico brasileiro, concedeu uma entrevista ao jornal Globo no dia de Natal em que que considera que este atentado teve motivação homofóbica, uma vez que ocorreu após a “Porta dos Fundos” retratar Jesus Cristo como homossexual.

Homossexualidade: Vaticano rectifica declarações do Papa Francisco

Papa_Francisco.jpg

Já não se fala em acompanhamento psiquiátrico. As declarações do Papa Francisco que estão a causar polémica desde este Domingo foram rectificadas. Após a visita à Irlanda o Sumo Pontífice recomendou o recurso à psiquiatria, se os pais observassem “tendências homossexuais” durante a infância dos seus filhos. No comunicado agora divulgado a palavra psiquiatria foi eliminada.

 

 

A Primeira Pedra: Eu, Padre Gay, e a minha revolta contra a hipocrisia da Igreja

A primeira pedra - planeta - Krzysztof Charamsa.jp

4.jpeg

 

 

 

Depois de ter sido notícia devido ao seu coming out no Vaticano, em Outubro de 2015, um ano depois o Padre Charamsa lançava o livro em que conta o seu percurso de vida, que o trouxe a Portugal no final do ano passado.O dezanove leu A Primeira Pedra e deixa aqui algumas notas aos leitores.

Ordem dos Psicólogos reage ao caso Maria José Vilaça (actualizada)

bandeira LGBT arco-íris.jpg

As declarações da psicóloga e presidente da Associação dos Psicólogos Católicos têm estado, desde este Sábado, a incendiar as redes sociais. Maria Vilaça já reagiu publicamente. Ordem dos Psicólogos (OPP) recomenda denunciar o caso ao Conselho Jurisdicional e emite comunicado considerando as declarações "sem fundamentação científica".

Presidente dos Psicólogos Católicos: “Ter um filho homossexual é como ter um filho toxicodependente, não vou dizer que é bom” (actualizada)

Maria José Vilaça.jpg

A edição de Novembro da revista “Família Cristã” faz do género tema de capa e aborda uma lei aprovada em Espanha que introduziu esta temática nos currículos escolares da capital espanhola.

Frederico Lourenço: “As grandes religiões mundiais são homofóbicas”

 frederico.jpg

Já tinha traduzido “Odisseia” e “Ilíada” e está agora na ribalta depois de publicar a tradução do original em grego para português dos quatro evangelhos do Novo Testamento. Seguir-se-ão mais cinco livros com as restantes escrituras do Novo e Velho Testamentos. O professor universitário Frederico Lourenço falou com o dezanove sobre o processo de tradução e a sua relação com Deus, o cristianismo e o judaísmo.