Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Uma perseguição sem fim à vista: uma história recente da comunidade LGBTQI na Alemanha

Casal lésbico a dançar no Eldorado, 1929.

O pós I Guerra Mundial veio apresentar uma nova era urgente para a Alemanha traduzida na República de Weimar (1918-1933), onde a comunidade LGBTQI inseriu-se num contexto social de relativa calmaria e acolhimento. A par dos «loucos anos 20», desenvolveu-se uma subcultura gay excepcional na cidade de Berlim, «a capital homossexual da Europa».

 

Sobre o Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto 

Campo de concentração de Auschwitz - Birkenau

Dia 27 de Janeiro de 1945, um dia que ficou marcado para a história da  humanidade. Nesta data celebramos a libertação do campo de concentração e  extermínio Nazi de Auschwitz-Birkenau pelo exército soviético, onde cerca de um milhão de pessoas terão morrido. Entre esse milhão de pessoas cerca de 800 mil foram executadas em câmaras de gás mal chegavam ao destino mais sinistro que o rumo das suas vidas podia esperar.

 

Rudolf Brazda, a homenagem ao último triângulo rosa

Rudolf Brazda teria completado 100 anos no passado dia 26 de Junho. Falecido há dois anos, era o último sobrevivente de deportação de homossexuais durante a Segunda Guerra Mundial. A associação “Les Oublié-e-s de la Memoire” reacendeu a chama debaixo do Arco do Triunfo, em Paris, na data do seu aniversário.