Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Uma noite com Ney Matogrosso no Finalmente (com vídeos)

ney.jpg

Um Ney Matogrosso parco em palavras, mas visivelmente feliz, foi homenageado este domingo à noite no Finalmente Club, na 4ª Edição do Troféu Internacional de Artes Cénicas.

Depois de Herman José, Rossy de Palma e Simone de Oliveira, o troféu atribuído pelo Finalmente Club cruzou este ano o Atlântico e trouxe até Lisboa Ney Matogrosso. O vereador dos Direitos Sociais da Câmara de Lisboa, Manuel Grilo, e o ex-presidente da Câmara de Lisboa e ex-ministro da Cultura, João Soares, marcaram presença.

O cantor brasileiro teve oportunidade de conhecer o novo espectáculo do Finalmente, uma verdadeira homenagem a vários artistas brasileiros, como o próprio Ney ou Rita Lee, passando por uma evocação de Bibi Ferreira, que faleceu em Fevereiro, aos 96 anos, e considerada a maior diva do teatro musical brasileiro.

Também vinda do Brasil, Divina Valéria, que chegou a trabalhar durante dois meses no Finalmente, foi outra das estrelas da noite. Considerada uma das pioneiras da arte do transformismo no Brasil, Divina Valéria actuou antes da entrega do prémio ao cantor. Desafiado por Deborah Kristal, Matogrosso recordou ainda “Barco Negro”, popularizado por Amália Rodrigues, e que gravou, na versão “Mãe Preta (Barco Negro)” em 1975.