Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Vai haver concertos de homenagem a António Variações em Lisboa, Braga e Amares

Antonio Variações.jpg

As Festas de Lisboa arrancam a 1 de Junho e vão deixar a capital animada ao ritmo de vários ritmos e eventos como é costume. Também em Braga o artista será recordado.

Para além das já tradicionais Marchas e dos arraiais, onde se inclui o Arraial Lisboa Pride a 22 de Junho, este ano o encerramento das Festas da Cidade fazem homenagem a António Variações. O cantor nascido em Amares completaria este ano 75 anos de idade.

No dia 29 de Junho, a partir das 22 horas, vão passar pelo Jardim da Torre de Belém, em Lisboa, Ana Bacalhau, Conan Osíris, Lena D’Água, Manuela Azevedo, Paulo Bragança e Selma Uamusse. Estes artistas interpretarão temas daquele que é considerado o maior ícone gay português de todos os tempos, segundo uma votação dos leitores do site dezanove.pt. Em cima do palco está ainda a Orquestra Metropolitana de Lisboa. Os arranjos sinfónicos são de Filipe Melo, Filipe Raposo e Pedro Moreira. A entrada é livre.

 

Em Braga, o concerto decorre no Theatro Circo e será também de entrada gratuita. Nos 35 anos da sua morte, cumpridos a 13 de Junho de 2019, músicos e não músicos de Braga sobem ao palco para cantar Variações. O espectáculo tem direcção artística de André Nunes e Pedro Santos e integra a estratégia Braga Cultura 2030.  

Ainda em Braga e também a 13 de Junho, a Comissão Promotora da Homenagem a António Variações presta uma homenagem ao poeta e ao cantor junto à Pastelaria Veneza (Avenida Central), às 10h00. Ali se realizará um breve momento de declamação das canções "Anjo da Guarda" e "Estou Além". A declamação estará a cargo dos alunos do 1 ° ano do Colégio D. Pedro V, de Braga.


No dia 13 de Junho, na freguesia de Fiscal (concelho de Amares), onde nasceu o cantor, decorrerá a declamação de poema inédito de António Variações, seguindo-se um momento musical com a interpretação da canção "Quero é viver" por Rogério Braga (guitarra e voz), acompanhado por Rosana Lopes (violino), Rita Fernandes (viola de arco) e Pedro Gil (violoncelo). Será no Cemitério Paroquial, pelas 18h45. Segue-se a deposição de uma grinalda de rosas na campa do cantor.

 

Recorde-se que o filme biográfico sobre António Variações estreia este Verão, mais precisamente a 22 de Agosto.