Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

“Vampires in Space”: Pedro Neves Marques representa Portugal na Bienal de Artes de Veneza com obra queer

Vampires in Space.jpg

Pedro Neves Marques, artista visual, escritor e realizador é o representante de Portugal na Bienal de Veneza com “Vampires in Space”, uma obra assumidamente queer. 
 
“Vampires in Space” é uma narrativa fílmica, poética e escultória que conta com questionamentos de género, transgénero, não-binariedade, idade e de família nuclear, mas também sobre o papel da ficção no nosso dia-a-dia: como é que nos vemos na vida.
Este projecto queer apresentado pela dupla de curadores João Mourão e Luís Silva, irá representar Portugal entre 23 de Abril e 27 Novembro de 2022 sob o tema "The Milk of Dreams", com curadoria da italiana Cecilia Alemani.
Esta instalação narrativa, transformará o segundo piso do Palazzo Franchetti, nas margens do Grande Canal de Veneza, através de um conjunto de filmes, poemas e cenografia numa inesperada nave espacial habitada por vampiros.
 
A participação de Portugal em Veneza tem estado debaixo de críticas depois do curador Bruno Leitão ter ficado em segundo lugar, com o projecto A Ferida, da artista Grada Kilomba, reconhecida escritora, psicóloga, teórica e artista interdisciplinar portuguesa com trabalhos sobre o exame da memória, trauma, género, racismo e pós-colonialismo.
 
Rita de Oliveira