Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Católico e gay, uma equação difícil de resolver

18871200_1345230482225938_54750918_n.jpg

 

Miguel Mocho Alcaide preparava-se para ser padrinho de crisma este Sábado na Igreja da Praia de Mira (distrito de Coimbra), mas na véspera recebeu uma chamada telefónica a informá-lo que, por ser gay e estar casado com outro homem, não reunia as condições para tal.

 

Este caso demonstra que, apesar da recente abertura demonstrada pelo Papa Francisco às pessoas homossexuais e divorciadas, as barreiras para participar nos sacramentos da Igreja mantêm-se. No caso do crisma, qualquer pessoa casada pelo civil, seja membro de um casal do mesmo sexo ou de sexo diferente, não pode ser apadrinhar. Miguel Mocho Alcaide disse ao dezanove que a cerimónia conta com cerca 40 adolescentes que serão crismados pelo que “de certeza que vão lá estar pessoas [padrinhos] nessas condições [casadas pelo civil]”.

Miguel Mocho Alcaide tinha sido convidado por um adolescente da obra de Frei Gil para que fosse seu padrinho de crisma, pelo que entregou o único documento solicitado: o certificado que provava que tinha sido também crismado. Como não conhece pessoalmente o padre, sustenta que terá sido alguém “a denunciá-lo” de forma a que fosse impedido de ser padrinho.

“Recebi um telefonema de uma funcionária da obra do Frei Gil, muito triste e indignada e sem jeito sobre como devia dar-me a notícia de que o senhor padre não autorizava que eu fosse o padrinho porque sou gay e casado publicamente com outro homem”, relatou.

Apesar deste episódio Miguel Mocho Alcaide assegura que estará na “igreja para ser padrinho do jovem. Não serei padrinho de assinatura,mas serei padrinho de coração”. Miguel Mocho Alcaide, de 45 anos, está casado desde Junho de 2014.


Rui Oliveira Marques

 

11 comentários

Comentar