Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Cidadãos apresentam queixa na ERC contra censura no canal Biggs

beijo lesbico sailor moon crystal.jpeg

A polémica originada pela censura de um beijo entre duas personagens femininas da série Sailor Moon Crystal no Canal Biggs originou uma queixa apresentada a várias instâncias incluindo a ERC (Entidade Reguladora para a Comunicação Social), várias juventudes partidárias e associações de defesa dos direitos das pessoas LGBT. 

Uma queixa, assinada por Luís Torres e Tito Teixeira, considera este episódio de censura “de índole discriminatória para com a diversidade de orientações sexuais”. O caso foi noticiado pelo dezanove a 2 de Dezembro e amplamente divulgado nas redes sociais onde os fãs da série debatem os cortes de que a série está a ser alvo em 2016.

Recorde-se que a nova versão da série que passou já repetidas vezes em múltiplos canais de tv portugueses desde 1995 (SIC, TVI e Canal Panda). Os autores da queixa consideram a série “fulcral para muitas crianças e jovens na sua época terem o primeiro contacto com um amplo espectro de personagens LGBT” e detalham a censura de que tem sido alvo a série japonesa já por duas semanas consecutivas nos episódios transmitidos nos dias entre finais de Novembro e início de Dezembro e onde constam as cenas de afecto cortadas entre duas personagens femininas adolescentes  de 14 e 16 anos, um beijo na boca e um encostar de cabeças.

Os mesmos queixosos evidenciam através de vários vídeos enviados o dezanove.pt que esta censura decorreu "com base numa discriminação de orientação sexual, dado que beijos entre pessoas de sexo diferente não foram cortados," mesmo quando representam assédio sexual. O canal Biggs terá ainda transmitido na íntegra beijos entre um pai e uma filha na mesma série.

O canal Biggs apresenta-se como um canal para crianças e adolescentes dos 8 aos 14 e anos e conta na sua programação com séries como Morangos com Açúcar, série que, por sua vez, os autores da referida queixa consideram  "abordar exaustivamente a sexualidade, onde ocorre nudez parcial, beijos na boca  e várias cenas mais íntimas de sexo entre actores, porém exclusivamente heterossexuais, nos mesmos horários da transmissão desta série de animação".

Luís Torres e Tito Vieira consideram que este acto discriminatório invisibiliza momentos de carinho entre duas mulheres e que está imputar como censurável e inapropriado para crianças a representação de um beijo na boca feminino em contraste com um beijo dado entre uma rapariga e um rapaz, e um afecto entre personagens que têm idade de consentimento legal pela lei portuguesa.

 

Shin Chan, uma outra série de manga japonesa transmitida pelo mesmo canal, terá exibido recentemente um episódio onde se exercia violência contra uma personagem infantil. Também na internet já se fez ouvir um coro de críticas sobre a falta de critérios do canal Biggs.

4 comentários

Comentar