Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

A carta que quer trazer o Europride a Portugal em 2022

Variações candidatura Portugal Europride 2022.jp

A carta de intenção da candidatura de Portugal à organização do Europride 2022 foi assinada e entregue esta sexta-feira em Lisboa.

A carta foi entregue pelos Presidentes da Variações - Associação de Comércio e Turismo LGBTI, Carlos Sanches Ruivo, e da ILGA Portugal, Nuno Pinto, à Presidente da EPOA - European Pride Organisers Association - Kristine Garina, que dirige a entidade responsável pela atribuição do título que todos os anos movimenta mais de um milhão de pessoas numa cidade europeia

Presentes na cerimónia de entrega da carta estiveram a Secretária de Estado da Igualdade, Rosa Monteiro; a Secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho; a Ministra da Cultura, Graça Fonseca; a Presidente da CIG - Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género, Teresa Fragoso; representantes das associações AMPLOS, rede ex aequo, CheckpointLx, Boys Just Wanna Have Fun, Queer Lisboa e vários associados da Variações. A cerimónia foi abrilhantada pelo projecto musical LGBTI Fado Bicha.

A carta lida por Carlos Sanches Ruivo para uma audiência de várias dezenas de pessoas destaca a candidatura de Portugal como uma ponte para o diálogo com outras culturas e realidades e sublinha a importância do Orgulho para a afirmação da Identidade de cada de pessoa da comunidade LGBTI e da salvaguarda da Igualdade de Direitos.

A carta de intenção pode ser lida em português abaixo:

O Orgulho LGBTIQ+ orgulho pode significar muitas coisas, impossível resumir ou descrever. Mas na sua essência, demonstrar orgulho é sobre visibilidade. Trata-se de proclamar a natureza irrefutável da existência de alguém e manifestar um sentido de pertença para quem a precisa. O Orgulho oferece-nos consolo e segurança, é uma porta aberta a possibilidades: a prova de que ser-se "bicha" não significa estar sozinhx.

Num mundo que muitas vezes rejeita e ataca as pessoas por serem quem são, por se expressarem de formas que elas sentem naturais, e por amar aqueles que não podem mas mesmo assim amam, temos que relembrar nós mesmo e a outros que a comunidade LGBTIQ+ é maior que qualquer cidade, país ou continente. Que a nossa comunidade vai para além de todas as fronteiras e se ergue acima de todas as barreiras.

A realização do maior evento de Orgulho Europeu na orla mais ocidental do continente europeu em 2022 irá declarar os horizontes de alargamento do movimento no seu 30º aniversário. Enquanto fizemos enormes progressos no avanço dos direitos LGBTIQ+ em casa, ainda nos falta mudar mentes e corações, a fim de alcançar plena igualdade para a nossa comunidade e salvaguardar essas conquistas para o futuro. E Portugal, como um país multicultural com laços de seculares em toda a Europa, Ásia, África e as Américas, serve como plataforma para o diálogo com outras culturas e realidades.

Por isso, nós, Variações - Associação de Comércio e Turismo LGBTI de PortugalILGA Portugal, com o apoio da Comunidade LGBTIQ+ de Portugal e do Governo Português, declaramos a nossa intenção de acolher o em 2022. No mês de Setembro de Lisboa como sua base, e amplificado por comunidades em torno da nação, o EuroPride 2022 vai emanar ao redor do Mundo, mostrando que pessoas, cidades, países e continentes de todo o lado que são amados exatamente por serem como são, elxs mesmxs!

 

A par de Portugal, na corrida à edição de 2022 do Europride, concorrem as candidaturas de Barcelona, Belgrado e Maspalomas. A decisão da cidade anfitriã do Europride 2022 será conhecida a 19 de Setembro próximo durante a Assembleia Geral da EPOA que se realiza em Bilbau.