Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Tribunal condena familiares que queriam forçar jovem gay a casar com mulher

Nasser El-Ahmad.jpg

Um tribunal de Berlim condenou três pessoas a pagar 1350 euros de multa cada, devido a atentado à liberdade de um jovem, segundo relata a Euronews.

O pai e dois tios de Nasser El-Ahmad, de 18 anos, privaram-no do seu direito à liberdade quando este era menor. Na sua juventude os familiares de Nasser tentaram forçar o jovem a casar com uma mulher muçulmana porque rejeitavam a sua homossexualidade.

O caso remonta a 2012, quando Nasser tinha apenas 15 anos. Na altura, o jovem de ascendência libanesa foi encontrado dentro de um carro, na fronteira entre a Roménia e a Bulgária, precisamente no momento em que estava a ser raptado pela própria família, que lhe tinha arranjado um casamento com uma rapariga libanesa. O jovem também revelou que os seus familiares o tinham ameaçado queimar por este ser gay.

Nasser explicou que o objectivo desta queixa contra a sua própria família foi dar a conhecer o seu caso e que não irá apresentar recurso contra os seus três familiares.

“Para mim este capítulo está encerrado e uma nova vida começa. Não quero reprimir a minha sexualidade. Com os mais pais tive que o fazer porque manchava-a sua honra, mas eu não sou pessoa de esconder”, disse Nasser.

 

 Inês Monteiro