Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Vídeo: Lorenzo e Pedro mediram a homofobia nas ruas de Lisboa

Lorenzo e Pedro vídeo Lisboa homofobia

Os jovens Lorenzo e Pedro tinham lançado o desafio há dias: andar pelas ruas de Lisboa de mãos dadas e trocar afectos como qualquer outro casal (leia-se heterossexual) e gravar um vídeo para partilhar com os seus fãs em todo o mundo. 

O desafio surgiu depois de, há umas semanas, dois vídeos semelhantes se terem tornado virais pelas piores razões. Um vídeo russo com um casal de gays mostrou por várias vezes a homofobia física e verbal de que foram alvo durante um curto passeio. O mesmo aconteceu a um casal de namorados ucranianos que foram inclusive atacados com violência por diversas pessoas. Os jovens portugueses classificaram as reacções homofóbicas a estes vídeos de "primitivas, tristes e nojentas".

Conhecidos por protagonizarem os episódios de receitas sexys e divertidas na internet e por participarem em acções de defesa das pessoas LGBT, Lorenzo e Pedro foram esta semana medir a homofobia em vários locais de Lisboa: desde o Rossio, ao Parque das Nações passando pela Cova da Moura (Amadora). O casal foi filmado por três câmaras ocultas em vários momentos em que simplesmente andavam de mãos dadas ou trocavam afectos.

No fim da experiência social, o casal mostrou-se feliz por terem sido tratados com normalidade e não terem surgido insultos verbais, ódio, ameaças à integridade física ou outras reacções negativas. Ambos consideram o resultado final positivo. O jovem casal realça apenas alguns olhares curiosos: "talvez as pessoas simplesmente olharam para nós porque eu tenho 1,97m e o Pedro tem 1,72m" gracejam.

No entanto, o casal confessa que não costuma manifestar muitos afectos afectos em público, "talvez por um pouco de receio" [...] mas depois de o fazermos tantas vezes durante a filmagem deste vídeo, nós mudámos! Sentimos-nos respeitados e livres simplesmente sendo nós próprios. Nós sentimos o que todos os casais, heterossexuais ou homossexuais deveriam sentir: confortáveis"

Lorenzo e Pedro dizem-se "orgulhosos" de Lisboa, no que respeita a igualdade e direitos LGBT e esperam que o vídeo chegue a quem insulta e ataca casais do mesmo sexo nos dias de hoje: "Talvez eles aprendam como realmente se devem comportar em sociedade" apontam.

Assiste ao vídeo completo aqui:

 

Paulo Monteiro

54 comentários

Comentar

Pág. 1/3