Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

A pequena Letícia tem uma grande mensagem para os que odeiam Pabllo Vittar (com vídeo)

 Leticia Pabllo Vittar.jpg

Pabllo Vittar anda nas bocas do mundo depois do videoclipe 'Sua Cara' em que participa com Anitta (Show das Poderosas) ter batido recordes no Youtube (já vai em 94 milhões de visualizações em duas semanas).

Com apenas 22 anos Pabllo Vittar é actualmente o maior fenómeno da música pop do Brasil. De origens humildes, Pabllo é cada vez mais um modelo para muitos jovens brasileiros. O seu trabalho de drag queen está a ser visto como um sinónimo da revolução trans que, aos poucos, está a tomar conta da arte no Brasil.

Se, por um lado, Pabllo tem uma legião de fãs, por outro, é alvo de comentários transfóbicos pela sua expressão de género. Nas redes sociais debatem-se argumentos de amor e ódio.

Uma das fãs de Pabllo Vittar é Letícia, uma jovem youtuber brasileira. No seu canal, o “Mundo da Lêh“, decidiu fazer um vídeo de resposta aos que a atacaram por elogiar o trabalho que Pabllo levou a cabo em parceria com Anitta e o grupo Major Lazer.

Aos comentários de ódio e transfobia a menina, de apenas 8 anos, fez questão de responder publicando um vídeo e dar uma verdadeira aula de aceitação para calar a boca dos preconceituosos: "Eu fiquei chocada, mas eu estou aqui para dizer a vocês que ela é igual a nós.”; “Havia gente a dizer que o Pabllo Vittar não era gente”. "Se você não gosta não precisa deitar like”; “Nós não devemos ter preconceito com ninguém”. “Eu vou chamar ela de rainha e maravilhosa” , são algumas das frases da criança. 

Tanto como o vídeo "Sua Cara" vale a pena ver como a pequena Letícia também jogou o preconceito na cara dos transfóbicos:  

Publicidade:

 

1 comentário

Comentar