Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

A rede ex aequo mudou de nome. Descobre a razão

Gustavo Briz - rede ex aequo

A rede ex aequo mudou a designação de “associação de jovens lésbicas, gays, bissexuais, transgéneros e simpatizantes” para fortelecer a visibilidade dos jovens intersexo.

A nova direcção da associação eleita este Domingo passou a adoptar a nova designação de “associação de jovens lésbicas, gays, bissexuais, trans, intersexo e apoiantes” porque "LGBTI não são meras letras do alfabeto", como se pôde ouvir durante a 10ª cerimónia dos Prémios Média que decorreu esta segunda-feira no Teatro São Luiz, em Lisboa. A proposta desta alteração de designação partiu de um associado e foi votada na assembleia geral realizada no dia anterior aos Prémios Média. A associação mudou para dar mais visibilidade às questões trans e intersexo num processo que será implementado paulatinamente. Gustavo Briz, eleito pela segunda vez consecutiva presidente da associação, justifica a decisão pela falta de identificação dos jovens transexuais com a palavra transgénero e porque "o termo 'trans' é mais abrangente e usado internacionalmente. "No fundo, estamos a acertar o passo com o que se faz lá fora. Vamos fazer uma formação interna com um activista intersexo vindo da Alemanha para capacitar os nossos recursos internos. Queremos promover as boas prácticas médicas”, declarou Gustavo Briz ao dezanove.pt.  

3 comentários

Comentar