Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Alojamentos turísticos de Afife multados e obrigados a retirar condições discriminatórias 

casa-d-joao-enes-afife.jpg

Os três empreendimentos turísticos localizados em Afife, distrito de Viana do Castelo, que vedavam a entrada a gays e lésbicas, adeptos de futebol, frequentadores/adeptos de festivais de música de verão" já retiraram estas condições dos sites de reservas. Mantêm-se apenas as advertências para “consumidores de estupefacientes e quaisquer substâncias psicotrópicas” que queiram aceder à Casa D’João Enes, Casa d’Eira e Casa D’Alambique.

 

Na sequência da notícia "Hotel no Minho veda entrada a gays e lésbicas" publicada pelo Diário de Notícias, a ASAE notificou o proprietário para retirar as condições discriminatórias dos sites. Segundo noticia hoje o DN, o proprietário dos estabelecimentos, Paulo Bandeira, foi alvo de uma contraordenação e a multa pode chegar aos 32 500 euros.

Confere as diferenças entre o antes e o depois:

ANTES.JPGcondições casa d joao enes.JPG

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Recorde-se que o caso foi denunciado a 5 de Junho pela jornalista Fernanda Câncio gerando uma onda de protestos nas redes sociais e não só. Várias associações de defesa dos direitos das pessoas LGBTI subscreveram uma carta de repúdio dirigida a várias entidades (incluindo Ministério da Administração Interna, CIG, Turismo de Portugal e entidades regionais de turismo) exigindo a retirada da licença de exploração aos estabelecimentos. A carta foi subscrita por 16 colectivos de defesa das pessas LGBTI: AMPLOS, APEM (Associação Portuguesa de Estudos sobre as Mulheres), BH, Colectivo Lóbula, Confraria Vermelha – Livraria de Mulheres, GAT, Grupo Transexual Portugal, Ilga Portugal, não te prives, Opus Gay, Panteras Rosa, Plataforma Portuguesa para os Direitos das Mulheres, Polyportugal, rede ex aequo, SOS Racismo e UMAR. Também o BE apresentou uma queixa à CIG, e questionou a ASAE e ao Turismo do Norte sobre esta situação.

7 comentários

Comentar