Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Câmara de Madrid alvo de críticas na noite do Orgulho LGBT

Apesar de cerca um milhão de pessoas ter estado este fim-de-semana nas ruas da capital espanhola para celebrar o Orgulho LGBT, nem tudo correu bem. Vários dos presentes que escolheram passar a noite de Sábado na Plaza del Rey, no Bairro de Chueca, o bairro mais gay friendly de Madrid, apontaram o dedo aos serviços da câmara municipal por não ter impedido a circulação do trânsito nem a passagem de camiões do lixo durante a noite.

Segundo os presentes a circulação de carros no local onde se reuniram espanhóis e forasteiros pôs em causa a segurança dos milhares de peões que se encontravam na Plaza del Rey. Recorde-se que a autarquia liderada por Ana Botella impediu que as comemorações do Orgulho LGBT se realizassem um pouco por todo o bairro, como em edições anteriores, concentrando em apenas uma praça todos os que decidiram sair às ruas nessa noite. Mas o descontentamento dos presentes no Pride de Madrid  vai mais longe. Para além da falta de segurança causada pela circulação de carros e camiões do lixo, a alegada falta de policiamento suficiente no acesso à praça é outra das críticas ouvidas. Vários espanhóis e turistas puderam assim efectuar a prática do “botellón” no local, que ficou repleto de garrafas de vidro partidas e latas de bebidas no chão depois de utilizadas.

A autarquia justifica a decisão de concentrar o Orgulho LGBT num só local com o facto do ruído  gerado com as manifestações do Orgulho. Recorde-se que no Bairro de Chueca existem duas associações de vizinhos: uma pró-Orgulho e outra cuja posição é de retirar completamente as comemorações deste bairro madrileno.

 

Álbum de fotos do Pride de Madrid neste link.

Fotos de Adolfo Briz e Fábio Henrique Barros