Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Acompanha aqui o #orgulho2017

Daniela Mercury reproduz, ao lado da mulher, foto de John Lennon para capa do novo álbum

Daniela Mercury nua na capa da Rolling Stone.jpg

A revista Rolling Stone Brasil divulgou esta segunda-feira, em primeira mão, a capa do novo álbum da cantora ecompositora baiana Daniela Mercury. Vinil Virtual é o 15º álbum a solo da artista e chega ao mercado a partir de 27 de Novembro, com distribuição da editora Biscoito Fino.

Daniela aproveitou para deixar um recado aos que criticam a sua relação com a jornalista e empresária Malu Verçosa. “Para quem mandou eu me esconder, eu me mostro nua. Não tenho vergonha de amar. Teria vergonha de odiar.”

“Já fui convidada diversas vezes para posar nua para a [revista] Playboy e nunca quis. Agora, uso meu corpo, minha nudez, para fazer um manifesto pacifista e político na luta contra a homofobia. O intuito não é chocar”, garante a cantora.

Esta capa reproduz a histórica foto de John Lennon e Yoko Ono para a edição número 335, de 22 de Janeiro de 1981, da revista Rolling Stone (EUA). “O meu intuito com essa capa é me posicionar de uma forma bela. É usar essa imagem como uma expressão da minha vida, da minha arte, do meu amor. O amor é o grande elemento da transformação. Fiz uma capa linda que representa um manifesto feminista num momento em que as mulheres ainda precisam se afirmar. Através dessa capa, eu me conecto com John e Yoko em suas manifestações de paz e amor, contra qualquer tipo de violência. Cabe a nós, artistas, sermos os pacificadores, quebrando fronteiras e preconceitos”.

Daniela assumiu a sua relação com Malu a 3 de Abril de 2013 ao publicar uma foto no Instagram aquando de uma visita a Lisboa. A imagem teve uma enorme repercussão e a cantora tornou-se uma porta-voz na defesa da causa LGBT. Daniela e Malu são embaixadoras da campanha Livres & Iguais, da ONU. “A luta LGBT não é diferente da luta dos negros, das mulheres e dos seres humanos que não se sentem devidamente respeitados e representados na nossa sociedade machista. Eu sou uma humanista, uma artista do mundo que dialoga com as minorias desse mundo. E a violência que vem do coração de algumas pessoas mais duras não é o que vai me deter”.

A capa difundiu-se rapidamente nas redes sociais e imprensa e originou diversas manifestações de apoio, mas também comentários lesbofóbicos.

 

Carlos Maia