Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

“Desde Allá” de Lorenzo Vigas vence o Leão de Ouro em Veneza

 Desde Allá2.jpg

E o Lido foi surpreendido. O filme “Desde Allá” (2015) do venezuelano Lorenzo Vigas levou este Sábado, 12 de Setembro, para casa o Leão de Ouro no Festival Internacional de Cinema de Veneza.

A imprensa foi surpreendida por esta decisão do júri da 72.ª edição do Festival, sobretudo por ser a primeira longa-metragem de Vigas. Este ano o júri foi presidio por Alfonso Cuarón e composto por Elizabeth Banks, Emmanuel Carrère, Nuri Bilge Ceylan, Hou Hsiao-hsien, Diane Kruger, Francesco Munzi, Pawel Pawlikowski e Lynne Ramsey.

Eis o palmarés completo:

Leão de Ouro: “Desde Allà” de Lorenzo Vigas;

Leão de Prata, Melhor Realização: Pablo Trapero para “El Clan”;

Grande Prémio do Júri: “Anomalisa” de Charlie Kaufman e Duke Johnson

Taça Volpi para a Melhor Interpretação Masculina: Fabrice Luchini por “L'Hermine”, de Christian Vincent;

Taça Volpi para a Melhor Interpretação Feminina: Valeria Golino por “Per Amor Vostro”, de Giuseppe M. Gaudino;

Prémio Marcello Mastroianni para um actor ou actriz emergente: Abraham Attah por “Beasts of No Nation”, de Cary Joji Fukunaga;

Melhor Argumento: Christian Vincent por “L'Hermine”;

Prémio Especial do Júri: “Frenzy” de Emin Alper.

 

Com argumento de Viga, baseado numa história do próprio e do mexicano Guillermo Arriaga, “Desde Allá” segue Armando (Alfredo Castro), um homem de 50 anos, que costuma procurar jovens pelas ruas de Caracas, mas paga-lhes apenas para lhe fazerem companhia. Um dia ele conhece Elder (Luis Silva), um jovem de 17 anos, líder de um gangue criminoso, este encontro muda as suas vidas para sempre.

 Luís Veríssimo