Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Icónico Bar Stonewall Inn considerado monumento

Stonewall Inn.jpg

O icónico bar Stonewall Inn, situado na Christopher Street, em Nova Iorque (EUA), foi declarado monumento histórico. O Comité de Preservação de Sítios Históricos de Nova Iorque votou a favor de considerar o estabelecimento como monumento histórico. É o primeiro local gay do mundo a receber este tipo de classificação.  Com este título o local não poderá ser restaurado sem autorização ou, por exemplo, ser demolido. Construído em 1840 como estábulo o edifício albergou no mesmo local um restaurante e só a partir de 1967 é que acolheu o famoso bar. 

O bar faz parte da memória do movimento LGBT das últimas décadas, pois foi o local onde, em 1969, ocorreram os tumultos que opuseram a comunidade LGBT contra as autoridades, devido à violência que estava a ser exercida contra esta comunidade. Ainda hoje estes motins são lembrados e estão na origem das centenas de Marchas do Orgulho LGBT em (quase) todo o mundo que reivindicam igualdade de direitos. A resistência à violência homo e transfóbica ocorrida no bar Stonewall Inn constitui um marco na luta contra a opressão e um grito de libertação na história das pessoas LGBT. 

Entre as razões das constantes rusgas policiais a este bar estava a autorização da entrada de homossexuais no estabelecimento. Exactamente por permitir a entrada a homossexuais e travestis, o bar Stonewall Inn tinha-se deparado com dificuldades acrescidas para poder vender álcool. 

Na noite de 28 de Junho de 1969, parte da comunidade homossexual de Nova Iorque estava reunida no local, quando as forças de segurança irromperam pelo bar tentando identificar os travestis presentes. Foi então que a rusga foi amplamente divulgada levando ao local centenas de pessoas em protesto pela acção de violência descabida das autoridades. Os tumultos duraram seis dias. 

Um ano depois acontecia a primeira marcha reivindicativa e celebrativa, que assinalou o primeiro aniversário dos “motins do Stonewall”. A este evento chamou-se "Dia de Libertação". O início deste tipo de eventos começou nos Estados Unidos e rapidamente se estendeu a todo o mundo em defesa dos direitos de gays, lésbicas, bissexuais e pessoas transgéneras. Na sequência destes acontecimentos foram criadas várias organizações de defesa dos direitos LGBT.

 

Créditos da foto Stonewall Inn: punxutawneyphil e New York Pictures