Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Polémico "mamading" dá que falar em Espanha

Sexo oral em troca de bar aberto. A "mamading" é última moda em Magaluf, estância turística localizada na ilha de Maiorca (Baleares).

Esta semana foi divulgado um vídeo onde se via uma jovem britânica a fazer sexo oral a vários rapazes com o intuito de ter bar aberto. Como demonstra o vídeo, em dois minutos uma rapariga fez dezenas de vezes sexo oral com rapazes diferentes, entre risos de quem participava. Magaluf é um destino de praia e festa para milhares de jovens no Verão.
O governo regional das ilhas Baleares e a câmara municipal já vieram condenar estas práticas por parte dos bares, no entanto, as autoridades não possuem qualquer ferramenta legal que permita proibi-las. Vários partidos estão a exigir a intervenção do governo regional.
Entretanto, as atenções da comunicação social voltaram-se também para Barcelona, nomeadamente para a discoteca gay The Black Room, que promoveu a 8 de Junho o "primeiro concurso de mamadas". Aqui, em vez de bar aberto, foi oferecido ao vencedor 500 euros em dinheiro. A associação de empresários de ócio nocturno, a Fecasarm, apresentou queixa na polícia regional contra o The Black Room. "Esta prática, que não está muito estendida, é no nosso entender ilegal e degradante e está a alargar-se, a partir de Maiorca, a outras cidades turísticas de Espanha. É uma prática que devemos evitar, porque é sexista e não está ajustada às licenças destes locais, e só serve para provocar a ingestão descontrolada de álcool", defendeu Joaquim Boadas, secretário-geral da Fecasarm, citado pelo Ara.