Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Ruby Rose está a seduzir lésbicas, gays e até heterossexuais

Ruby Rose.jpg

Ruby Rose está a gerar um burburinho surpreendente na internet. A modelo, realizadora e música australiana é a nova estrela da nova temporada da série “Orange is the New Black” e conseguiu captar a atenção não só de lésbicas como de homens gays e mulheres que se identificam como heterossexuais.

É claramente inegável o sex appeal desta mulher, mas a explosão de memes e tweets sobre Ruby está a superar o mundo gay, bi, lésbico e transgénero.

Ruby Rose 1.jpg

 Ruby Rose 2.jpg

 Ruby Rose 4.jpg

Algumas publicações avançaram artigos sobre as inúmeras mulheres heterossexuais que afirmam que olhar para Ruby Rose lhes “confundiu a sexualidade”, o que está a gerar alguma indignação entre a comunidade LGBT. Como a própria protagonista de “Orange is The New Black” afirma na série: “You can’t just turn gay.”

Ruby Rose 6.jpg

Talvez a importância maior de Stella Carlin, a personagem interpretada por Ruby, devesse estar sim ligada à sua identificação de género. Tal como Ruby, Stella considera-se um “género fluido” que claramente extrapolou as barreiras do identificação binária de género e se normalizou. A própria actriz não estava à espera desta reacção, como contou ao Huffington Post:

Ruby Rose 5.jpg

"O meu manager disse-me “Tu estás a ser viral!” e eu respondi-lhe “Isso soa-me a IST”".
No entanto, Ruby Rose não só não se sente ofendida por todo este buzz como acredita que possa vir a abrir portas a todos os que se identificam como LGBT ou como géneros não-binários. O facto de as pessoas poderem expor as suas atrcções sexuais na internet, de forma humorística ou genuína, é uma prova de progresso e aceitação crescente, explicou àquele site.

Opiniões e polémicas à parte, Stella Carlin continua a fazer saltar batimentos cardíacos a muita gente, episódio atrás de episódio. Mas antes que as portuguesas se tornem lésbicas também por causa de Ruby, torna-se pertinente citar um episódio clássico de "Sexo & Cidade": “Sweetheart, that’s all very nice, but if you’re not going to eat pussy, you’re not a dyke”.

 

Alice Gouveia