Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Society, novo conceito de festas para lésbicas nasce no Trumps e vai percorrer outros espaços

Lydia_Sanz.jpg

Society é o novo projecto da marca Trumps dirigido ao público homossexual feminino. A primeira festa vai decorrer a 28 de Março (sábado) no espaço da discoteca Trumps, mas o objectivo é que as próximas edições deste evento criado de raiz para lésbicas tenham lugar em outros locais de Lisboa e até fora da capital.

“Há já algum tempo que nos pediam para criarmos um conceito cosmopolita e moderno dirigido às lésbicas portuguesas. Decidimos avançar agora depois de termos a certeza que tínhamos todas as condições para criar uma marca que se vai tornar muito rapidamente numa referência. Este será o primeiro momento Society, mas estamos a preparar para os próximos meses várias novidades”, explica Zara Pinto, directora e coordenadora do projecto.

bonnie and clyde.jpg

Para a primeira festa Society estão confirmadas a presença do house da DJ Lydia Sanz (All Star Matinée, Matinée World Tour, The Legend Party, e Circuit Festival), que é cabeça de cartaz de uma noite que vai contar com a dupla de DJs indie e pop Bonnie & Clyde (Susana Chaby Lara + Kateryna Mishyna) e com MCDJ (Mariana de Carvalho, produtora da Intima Party). A estreia da festa Society contará ainda com a presença de Blaya.

mariana de carvalho.jpgTodo o ambiente da discoteca Trumps será adaptado ao público feminino, incluindo as gogo dancers e as barmaids. “Já foram escolhidas as nossas Society gogo dancers: quatro sensuais e excelentes bailarinas. Para além de dançarem, têm a missão de fazer as clientes sentirem-se bem e, acima de tudo, manter a animação. A Society conta com uma equipa de barmaids, as mais conhecidas e as mais desejadas,  vão trabalhar connosco”, acrescenta Zara Pinto. 

A entrada na primeira Society custa 10 euros (consumíveis).