Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

E Se Fosse Comigo?

magina.png


Há alguns meses (já se falava da nova temporada do programa apresentado por Conceição Lino), fui contactado pela produção do “E Se Fosse Consigo?”. Procuravam casais do mesmo sexo com crianças a cargo que aceitassem dar uma entrevista à SIC. Hoje, finalmente, vi o episódio dedicado ao tema “Homossexualidade e parentalidade”, que me deixou com vontade de chorar, mas chorar de alegria!

Um milhão de portugueses viu “E Se Fosse Consigo” sobre homoparentalidade

e se fosse.jpg

 

Num parque infantil, uma mulher insurge-se contra dois homens por discordar que sejam pais adoptivos de uma criança. Foi este o ponto de partida da experiência, gravada com câmaras ocultas, do programa “E Se Fosse Consigo”, transmitido pela SIC esta segunda-feira e que tinha como tema a homoparentalidade.

Assembleia da República, Rui Maria Pêgo, “E se fosse consigo?” e TAP entre os distinguidos pela ILGA Portugal

premios arco iris.jpg

A edição 2017 dos Prémios Arco-Íris, organizados pela associação ILGA Portugal, distingue a Assembleia da República pelo fim da discriminação no acesso à PMA, o apresentador Rui Maria Pêgo, o programa televisivo e o videoclipe “E se fosse consigo?”, a TAP e a empresa de cosmética Lush, a jornalista Catarina Marques Rodrigues (ex-Observador) e o filme “Jogo de Damas” de Patrícia Sequeira. A cerimónia pública está agendada para dia 14 de Janeiro.

“E Se Fosse Consigo?” mostrou que ainda há homofobia entre os portugueses (com vídeo)

fotografia e se.PNG

Depois do racismo, da obesidade e do bullying, ao quarto episódio do programa "E Se Fosse Consigo" o centro das atenções foi a homofobia. O programa das noites de segunda-feira da SIC, que quer confrontar os portugueses com os seus preconceitos, apostou numa encenação entre dois casais de pessoas do mesmo sexo que trocavam afectos numa paragem de autocarros enquanto eram insultados por uma mulher.