Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Tribunais dos EUA já não impedem o casamento aos casais que se amam (com vídeo)

USA LoveWins Marriage Equality.jpg

Supremo Tribunal dos Estados Unidos dá vitória à igualdade no acesso ao casamento por casais de gays e lésbicas. 

Todos os casais do mesmo sexo nos EUA já podem respirar de alívio. O casamento acaba de ser legalizado em todos os 50 estados. Esta sexta-feira o Supremo Tribunal deliberou que os casamentos entre pessoas do mesmo sexo são legalmente constitucionais em todo o território. Até agora os casamentos entre pessoas do mesmo sexo eram considerados ilegais em 14 estados e legais em 36 outros. 

Apesar da deliberação ter sido apenas conhecida hoje, os juízes do Tribunal Constitucional já tinham votado esta questão antes de Maio. A decisão foi mantida em segredo entre os juízes e as autoridades legais. A data da divulgação desta decisão não é alheia a celebração do Orgulho LGBT que se assinala historicamente no próximo 28 de Junho. Os motins de Stonewall aconteceram há quase 46 anos. Os EUA são o 21º país no mundo a legalizar o casamento entre pessoas do mesmo sexo.

 

Reacção de Barack Obama

POTUS.jpg

Nas últimas duas horas a hastag #LoveWins no Twitter é a mais utilizada em todo o planeta, com mais de um milhão de tweets. E foi no Twitter que Barack Obama declarou: "Hoje demos um grande passo na nossa marcha em direcção à igualdade. Os casais de gays e lésbicas podem agora ter o direito de casar, tal como qualquer outra pessoa." Numa outra declaração à nação o Presidente dos Estados Unidos explica que esta deliberação é uma vitória para os casais de gays e lésbicas que lutaram pelos seus direitos civis mais básicos durante tanto tempo. "Evoluções no coração e nas mentalidades são possíveis", referiu Obama para quem todos os norte-americanos devem ter exactamente a mesmo protecção perante a lei, serem tratados com igualdade independentemente de quem são ou de quem amam.

Assiste a todo o discurso aqui:

 

Nos últimos cinco anos produzimos mais de 60 artigos em português sobre o casamento nos EUA. Recorda-os neste link: http://dezanove.pt/search?q=EUA+casamento

 

3 comentários

Comentar