Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Um milhão de italianos saíram à rua em defesa das uniões civis entre homossexuais (com vídeos)

Svegliaitalia.jpg

Várias associações italianas de defesa dos direitos das pessoas LGBT convocaram uma manifestação nacional no passado Sábado em mais de 80 cidades, com o objectivo de apoiar o projecto de lei que prevê o reconhecimento das uniões civis entre pessoas do mesmo sexo.

imagem Twitter.jpgSob o lema “Acorda Itália! Está na hora de sermos civilizados” os defensores pró-direitos LGBT pretenderam dar visibilidade à proposta de lei que será analisada pelo Senado italiano na próxima semana. A proposta não prevê o casamento, apenas a união civil entre pessoas do mesmo sexo, mas os activistas acreditam que este pode ser o primeiro passo, naquele que é o último país da União Europeia que não prevê qualquer tipo de legislação de comunhão para estes casais.

Imagens de Milão, Sábado 23 de Janeiro 2016

 

A questão da adopção de crianças está arredada da proposta a ser discutida na próxima semana pelo Senado, num país ainda vincadamente influenciado pela Igreja Católica. Na passada sexta-feira, dia 22, o Papa Francisco afirmou que não pode "haver confusão" na Igreja entre o que é a família que Deus quer e o que são os outros tipos de união.

Figuras como Laura Pausini ou Tiziano Ferro manifestaram o seu apoio público a esta causa. No final do ano passado a cantora assumidamente católica afirmou que não se casava com o seu namorado de há 10 anos, porque a sua melhor amiga quer casar-se e não pode. “Porque é que os meus direitos não são os mesmos do que os da minha melhor amiga, que é lésbica e se quer casar? Isso indigna-me. Por que é que eu posso e ela não?” disse ao diário italiano Repubblica.

 

Fotos: Campanha "Svegliatitália" 

Vídeo: la Repubblica

Paulo Monteiro