Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Amar não é crime, discriminar é - eventos contra a LGBTQI+fobia esta sexta-feira e terça-feira (actualizada)

IMG_20210527_150554_943.jpg

Joana Sabin de 18 anos juntou-se a quatro amigas e todas têm o mesmo propósito: estão unidas contra a homofobia e vão organizar um protesto está sexta-feira. Também as associações de defesa dos direitosdas pessoas LGBTI se organizaram para um evento semelhante. 

Este grupo de mulheres insurgem-se contra o episódio de alegada homofobia e presença policial desproporcionada que ocorreu esta semana no Jardim do Arco do Cego, em Lisboa.

As cinco marcaram um evento para esta sexta-feira, 28 de Maio, às 17 horas, na Ribeira das Naus, e que tem como objectivo "consciencializar para o acto discriminatório e preconceituoso por parte das autoridades que ocorreu esta semana a um casal homossexual".
Este é um movimento de apoio à comunidade LGBTIQ após um casal lésbico ter sido interpelado por 9 polícias simplesmente por mostrarem afecto na via pública, explica a organizadora do evento ao dezanove.pt. Isto é inaceitável. 

Joana explica ao dezanove.pt: "Não estamos ligadas à nenhuma associação ou colectivo. Pretendemos dar apoio já que nos é um casal amigo e gostávamos que mais pessoas se juntassem."

"Pretendemos lutar contra o ódio e a ignorância com amor" remata a jovem brasileira a viver em Lisboa.

Evento no Facebook aqui.

IMG_20210527_214005_600.jpg

O Clube Safo, em conjunto com várias outras organizações de de defesa das pessoas LGBTI, também anunciaram entretanto um protesto para dia 1 de Junho no Jardim do Arco do Cego. 

"Dia 1 de Junho juntamo-nos às 18h30 no jardim do Arco do Cego. Duas raparigas foram abordadas pela polícia por estarem aos beijos neste jardim. A LGBTQI+fobia tem de ser rejeitada. Na próxima terça seremos mais a mostrar que os nossos afectos e as bandeiras arco-íris ocupam as ruas. Vem connosco! Beijos pela Liberdade!"

Evento no Facebook aqui.

 

 

Notícia actualizada com o segundo evento às 21h35.

 

2 comentários

Comentar