Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Bares querem saber quando voltam a abrir portas

largo camoes.jpg

Um grupo de responsáveis por bares e negócios situados na freguesia da Misericórdia, que abrange o Bairro Alto e o Príncipe Real, em Lisboa, organizam esta quinta-feira uma acção de sensibilização, com várias reivindicações. Vários estabelecimentos LGBTI estarão presentes.

 

A acção decorre a partir das 15h na Praça Luís de Camões, seguindo depois os participantes para a Praça do Município.

A prioridade dos empresários e trabalhadores dos espaços nocturnos é saber a data de abertura dos seus estabelecimentos comerciais, na sequência do desconfinamento que está a ser implementado na generalidade dos sectores da economia. António Costa tinha já avançado à TSF que o assunto não está em cima da mesa.

“Ainda não está no nosso calendário. Nós temos que ir fazendo de uma forma gradual e começando pelos sectores de actividade em que é mais fácil regular e estabelecer normas de afastamento”, declarou o primeiro-ministro, acrescentando que as “actividades que pela sua própria natureza vivem não do afastamento, mas, pelo contrário, da proximidade e da interacção, é evidente que estarão no último lugar daquelas que poderão reabrir”.

Os empresários também pedem que o governo e a autarquia de Lisboa permitam a adaptação dos bares à nova realidade, como a readaptação dos estabelecimentos de bebidas para restauração e bebidas, a par do alargamento das licenças das esplanadas, limitando a circulação de transito dentro ds bairros. Na lista e exigências também constam apoios às rendas e isenção de pagamentos de TSU e PEC ou a descida no IVA. 

 

Notícia actualizada as 18h30 com vídeo da acção de sensibilização na Praça do Município, em Lisboa: