Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Há uma nova biografia ilustrada dedicada a António Variações

livro.jpg

Da autoria do jornalista Bruno Horta e com ilustrações de Helena Soares, é lançado esta semana o livro "António Variações -- Uma biografia".

"O António Variações tem sido entendido como um artista que se expressou de forma criativa, que tinha definido um objectivo e que se inseria numa espécie de abertura cultural e estética que houve no início da década 1980, em Lisboa, sobretudo. E penso que isso não é inteiramente assim", afirma Bruno Horta, em declarações à Lusa.

"Era uma pessoa muito solitária, arisca, não gostava de pensamento de grupo. Dificilmente ele fez parte deliberadamente dessa movida lisboeta da década de 1980, era uma pessoa muito à margem de tudo", considera o jornalista.

A edição é da Suma de Letras. “Diz-se que António Variações era um artista à frente do seu tempo. Que era talvez demasiado moderno para um Portugal ainda tão cinzento e conservador, um país cujas aldeias perdidas no interior tinham parado no tempo e não tinham espaço para espíritos inquietos como o de António Joaquim Rodrigues Ribeiro. A verdade é que Variações serve de inspiração para muita da música que se faz em Portugal. Este livro é resultado dessa inspiração e também uma homenagem a um homem que nos deu tudo o que tinha para dar”, refere a sinopse da obra.