Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Isabela Sousa, tetracampeã mundial de bodyboard, assumiu ser lésbica

IMG_20210701_202627.jpg

No dia 30 de Junho, último dia do Mês do Orgulho, Isabela Sousa, bodyborder brasileira, assumiu “gostar de meninas”, na sua página de Instagram.

 

Isabela tem estado no topo da elite do bodyboard há mais de 10 anos. Conta com o 1º lugar em quatro campeonatos do mundo (2010, 2012, 2013 e 2016) e muitos outros títulos desde 2005 até agora. Foi Vice-Campeã Mundial em 2017, Campeã do Circuito Europeu em 2018 e Bicampeã do mesmo campeonato em 2019. 

Desde 2018 que a atleta representa o GD Estoril Praia, altura em que o clube se apresentou, pela primeira vez, nas modalidades de surf e bodyboard.

Numa mensagem deixada aos seus mais de 63 mil seguidores, a atleta começou por dizer que em todo o seu processo passou por altos e baixos, acrescentando que “como qualquer pessoa que pertence a comunidade LGBTQIA+ também tenho minhas histórias de homofobia dentro e fora do esporte.”

Segundo Isabela, a sua página de Instagram tem sido reservada para a sua vida profissional, no entanto, achou que aquele momento seria diferente e “especial”, por isso afirmou que “sim eu gosto de meninas”.

A tetracampeã aproveitou ainda para fazer um alerta e deixar um pedido a quem não pertence à comunidade LGBTQIA+:
“Em um mês que o mundo parece estar caminhando para um lugar com menos preconceito sabemos que ainda há muito caminho pela frente. Quero aproveitar esse último dia do orgulho para dizer a galera e malta LGBTQIA+ que tamo junto!! Quem não pertence a comunidade LGBTQIA+ fica o meu pedido para se informar mais. O preconceito vem sempre acompanhado de uma falta de conhecimento sobre o assunto. E a homofobia machuca, agride e mata.
Que mais ondas de amor e empatia venham bater nas nossas praias não só na época de ondas boas mas no ano inteiro”.

A revelação da atleta contou com vários comentários de apoio, admiração e de agradecimento pelo seu posicionamento. Um desses comentários foi do Clube Safo, uma organização de defesa dos direitos das mulheres lésbicas: “Obrigada Isabela pelo testemunho, pela pessoa bonita, por fazeres por ti e por todas nós.


Sara Lemos

Foto: galantinphoto, Instagram Isabela Sousa