Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Livros proibidos na Hungria agora publicados em Portugal

 

IMG_20220601_184527.jpg

Dois livros infantis, que foram proibidos na Hungria, apenas por fazerem referência a duas mães e dois pais, foram agora publicados pela CIG (Comissão para a Cidadania e a Igualdade). 

Tratam-se dos livros "De manhã bem cedo" e "Não são horas de brincar", do autor Lawrence Schimel, com a ilustração de Elĩna Braslina, que foram atacados pelo governo húngaro, visto que Viktor Órban e os seus apoiantes têm vindo a condicionar e a proibir a venda de livros infantis que considerem de temática LGBTQI+. 

No Dia Internacional da Criança, a CIG promoveu um encontro para lançar ambos os textos, contando com a tradução de Helder Bértolo, numa parceria com a associação Opus Diversidades. A ideia passa por espalhar estes dois livros pela comunidade, para que haja um maior contacto com as diferentes famílias arco-íris ou não, que fazem parte da nossa sociedade.

No final de tarde do dia 1 de Junho de 2022 estiveram presentes diversas associações, bem como a presidente da CIG, Sandra Ribeiro. Os livros foram lidos pelos papás Gonçalo e Miguel, na companhia do filho Duda, e pelas mamãs Sandra e Márcia, numa leitura acompanhada pela filha Laura. 

IMG_20220602_112347.jpg

Foi um final de tarde em que se lembrou a necessidade de se lutar pela liberdade de expressão, de género e o direito de se viver de acordo com a orientação sexual de cada pessoa, sublinhando-se que cada família é única.


Para mais informações, consultar as seguintes páginas no Instagram:

@cig_igualdade

@marcialimasoares_

@paipratodaaobra

 

Márcia Lima Soares