Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Orgulho afro: "Aventureira Marielle e o Dia da Fotografia"

aventureira marielle livro

"Aventureira Marielle e o Dia da Fotografia" – o primeiro livro infantil escrito por uma autora negra, com uma personagem principal negra portuguesa. E que livro!

Com texto de Nuna e ilustração de Lala Berekai, este é um livro que traz finalmente a representatividade que a comunidade negra merece e educa de forma cativante quem não faz parte desta. Uma obra bastante pertinente para ler às crianças negras que, tal como Marielle, nunca se viram representadas publicamente e sempre sentiram vergonha das suas características e heranças culturais e históricas. Um livro que espelha perfeitamente a realidade duma sociedade em que os padrões de beleza continuam a ser feitos por e para pessoas brancas, ignorando e não reconhecendo tudo o que não corresponde a este padrão.

Também abordando a questão dos ideais de género, este é um livro onde podemos ver crianças a usarem penteados e roupas que gostam – como por exemplo Marielle, que veste o seu equipamento de futebol para ir à escola, contrariando a imposição retrógrada da sociedade que nos diz que isso é algo associado a homens e ao conceito de masculinidade – e onde vemos pais que as suas crianças sejam quem querem ser.

Por último, mas não menos importante, a professora Benvinda merece uma menção de honra: uma professora também negra, que dá espaço  àcultura e religião dos seus alunos e lhes dá segurança e confiança para serem livres e se expressarem. Esta obra é perfeita para mostrar às nossas futuras gerações e educá-las de forma apropriada e divertida, sem retirar qualquer peso e importância ao assunto do racismo, da herança histórica da cultura negra e da falta de representatividade.

Recomendado a partir dos 4 anos este livro uma edição da Nuvem de Letras.

 

Maria Raposo