Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Música LGBTI: 5 temas queer para celebrar o Pride

queer music LGBT Pride.jpg

No início do mês do Orgulho divulgamos a nossa lista de 19 videoclipes LGBTI+ made in Portugal para que ouvisses ao longo do mês. Agora que o mês está a chegar ao fim percebemos que estejas como a Pablo Vittar: Triste com T.

Não te preocupes, o mês do Orgulho é apenas um mês, mas podes (e deves) celebrar o orgulho todos os dias. Deixamos de seguida cinco sugestões internacionais recentemente lançadas para veres e ouvires sempre que entrar aquela melancolia. 

1. "Triste com T" continua a história vista em "Ama Sofre Chora". No vídeo, a cantora aparece num quarto de hotel, inconformada por ter sido abandonada no altar:

 

2. A canção que ficamos a conhecer com a "La Cage aux Folles" é um hino icónico de afirmação do movimento LGBTI+. Esta semana foi divulgada uma versão remix produzida por Jimmy Larkin e Devin Lewis. Ora assiste:

 

3. A reinterpretação do tema Believe de Cher feita por Miley Cyrus é algo extraordinário.  A cantora apresentou o tema esta semana no evento Stand by You: Pride Special em prol das pessoas LGBTI+.

 

4. Já foi o tempo de "Singing in the rain" de Gene Kelly e de "It's raining men" das Wheater Girls, agora a previsão metereológica são os "fellas" de Todrick Hall, já considerado um dos videoclipes "mais gay" (seja lá isso o que for) de sempre. E se gostares vê também este "D!ck this Big":

 

5. "Na vida escondemos a pessoa que não queremos que o mundo veja, reprimimos, dizemos não, banimos essa pessoa, mas aqui, não. Bem-vindo a Montero", disse Lil Nas X, (cujo nome verdadeiro é Montero Lamar Hill) quando lançou 'Montero (Call Me by Your Name), uma música em que fala abertamente sobre sexualidade e que é uma carta ao seu eu de 14 anos.